Dirigentes do Palmeiras pegam carro da GM “escondido” e causam acidente



Diretores do Palmeiras bateram o carro recebido na saída da sede da FPF

Diretores do Palmeiras bateram o carro recebido na saída da sede da FPF

A atual administração do Palmeiras adicionou nesta quinta-feira mais um vexame à sua coleção.

Representantes do clube foram à Federação Paulista de Futebol participar da cerimônia da entrega de automóveis Cruze, da GM, a todos os 20 clubes da Série A-1. A GM patrocina o Campeonato Paulista.

Na cerimônia, o presidente Arnaldo Tirone disse que não poderia aparecer aceitando o presente porque o Alviverde é patrocinado por uma empresa concorrente, a montadora sul-coreana Kia. E assim não participou do momento oficial da entrega do carro ao clube.

Mas, depois, aproveitando-se de que todos tinham ido embora e ninguém estava olhando, Tirone, o gerente de Marketing, Rodrigo Geammal, e o tesoureiro Sérgio Granieri, foram enfim receber o presente. Tirone ficou no banco do carona, abaixado.

Na saída, Granieri colidiu o carro com um Fiesta que também estava saindo da garagem da federação. Ninguém ficou ferido.



MaisRecentes

FPF e LaLiga assinam acordo inédito de cooperação



Continue Lendo

Flamengo é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar os 25 milhões em redes sociais



Continue Lendo

Torcedor do Flamengo tem problemas com mudança do local da final da Libertadores



Continue Lendo