Fla se move para acelerar obras do CT



O vice de patrimônio Alexandre Wrobel tem reunião na quinta-feira na Prefeitura do Rio para conversar sobre os detalhes finais do acordo para liberação de R$ 9 milhões e acelerar as obras no Ninho do Urubu. O Flamengo trabalha na desocupação dos cinco apartamentos restantes no Morro da Viúva para receber os R$ 14 milhões da EBX. As verbas garantem a finalização do CT. Fevereiro é o prazo para entregar o imóvel, mas pode ser prorrogado. O projeto final para o hotel ainda precisa ser aprovado.

Confirmado
O Bradesco será mais um dos parceiros da Brahma no programa de sócio torcedor da empresa. O banco ainda está definindo quais serão as vantagens a serem oferecidas para os clientes. A oficialização da parceria e o pacote de benefícios serão apresentados no lançamento do programa, dia 14 de janeiro, em São Paulo.

Liberação
A Odebrecht ainda não recebeu os R$140 milhões referentes aos certificados de isenção fiscal da Prefeitura de SP, liberados no final do ano para as obras do Itaquerão. A liberação deve ser formalizada na próxima semana. Já o impasse quanto ao financiamento do BNDES continua, já que o Banco do Brasil segue exigindo garantias para a liberação de R$ 400 milhões.

Rebatida
O vice-presidente jurídico do Vasco, Aníbal Rouxinol, tratou como “deselegante” e “extremamente infeliz” declaração do presidente da Assembleia Geral, Olavo Monteiro, na reunião do Conselho Deliberativo. Olavo chegou a dizer que defendia o acordo na Justiça com Romário pela superioridade dos advogados do jogador.

Fortuna
O São Paulo vai gastar cerca de 2 mil reais para arrumar o vestiário de visitantes do Morumbi, palco da confusão envolvendo o elenco do Tigre, na final da Copa Sul Americana. O dinheiro vai ser gasto para arrumar armários, prateleiras e divisórias de madeira, segundo a diretoria.

Planejamento
O presidente Eduardo Bandeira pediu mais 60 dias para adequar a  proposta de orçamento para 2013 ao planejamento do Flamengo e o presidente do Conselho de Administração, Maurício Gomes de Mattos, concedeu o prazo. Patricia Amorim entregou com atraso a proposta, no fim de dezembro.

Evolução
A proposta de orçamento do Fluminense para 2013 projeta um resultado negativo final de R$ 30 milhões. O departamento de finanças explicou que não considerou as receitas do programa do sócio-futebol, de venda de jogadores, consideradas relevantes para aumentar a receita. A expectativa é de continuar diminuindo o negativo. Em 2012 foi de 20 milhões.

Apertado
O Atlético tem até o dia 14 de janeiro para concluir as negociações para mandar os jogos no Mineirão em 2013. Este é o prazo final da Federação Mineira para que os clubes apresentem os laudos dos estádios onde mandarão os jogos. O principal empecilho à negociação é o contrato com a BWA, com multa, para mandar os jogos no Independência.

Extrapolou
O Corinthians já ultrapassou em R$ 400 mil a previsão de investimento para contratações em 2013, que era de 19 milhões. Pato custará R$ 10 milhões por ano até 2016, Renato Augusto foi comprado por R$ 9,4 milhões. A diretoria negocia a contratação do zagueiro Gil, por cerca de R$ 9,5 milhões, parcelada.

DE LETRA

“Nessa hora, torcemos para que ele não se manifeste, fique quietinho. Pode atrapalhar alguém. Ele deveria ir para a praia de novo”, Wlademir Pescarmona, conselheiro do Palmeiras, sobre a intenção dw Arnaldo Tirone de apoiar um dos candidatos nas eleições.



MaisRecentes

Torcedores esgotam ingressos VIP para ver a seleção brasileira de rugby contra os “All Blacks”



Continue Lendo

Dentista explica que assimetria facial pode deixar atletas sujeitos a lesões



Continue Lendo

Paris Saint-Germain (FRA) fará ação social na favela da Rocinha



Continue Lendo