Fla se move para acelerar obras do CT



O vice de patrimônio Alexandre Wrobel tem reunião na quinta-feira na Prefeitura do Rio para conversar sobre os detalhes finais do acordo para liberação de R$ 9 milhões e acelerar as obras no Ninho do Urubu. O Flamengo trabalha na desocupação dos cinco apartamentos restantes no Morro da Viúva para receber os R$ 14 milhões da EBX. As verbas garantem a finalização do CT. Fevereiro é o prazo para entregar o imóvel, mas pode ser prorrogado. O projeto final para o hotel ainda precisa ser aprovado.

Confirmado
O Bradesco será mais um dos parceiros da Brahma no programa de sócio torcedor da empresa. O banco ainda está definindo quais serão as vantagens a serem oferecidas para os clientes. A oficialização da parceria e o pacote de benefícios serão apresentados no lançamento do programa, dia 14 de janeiro, em São Paulo.

Liberação
A Odebrecht ainda não recebeu os R$140 milhões referentes aos certificados de isenção fiscal da Prefeitura de SP, liberados no final do ano para as obras do Itaquerão. A liberação deve ser formalizada na próxima semana. Já o impasse quanto ao financiamento do BNDES continua, já que o Banco do Brasil segue exigindo garantias para a liberação de R$ 400 milhões.

Rebatida
O vice-presidente jurídico do Vasco, Aníbal Rouxinol, tratou como “deselegante” e “extremamente infeliz” declaração do presidente da Assembleia Geral, Olavo Monteiro, na reunião do Conselho Deliberativo. Olavo chegou a dizer que defendia o acordo na Justiça com Romário pela superioridade dos advogados do jogador.

Fortuna
O São Paulo vai gastar cerca de 2 mil reais para arrumar o vestiário de visitantes do Morumbi, palco da confusão envolvendo o elenco do Tigre, na final da Copa Sul Americana. O dinheiro vai ser gasto para arrumar armários, prateleiras e divisórias de madeira, segundo a diretoria.

Planejamento
O presidente Eduardo Bandeira pediu mais 60 dias para adequar a  proposta de orçamento para 2013 ao planejamento do Flamengo e o presidente do Conselho de Administração, Maurício Gomes de Mattos, concedeu o prazo. Patricia Amorim entregou com atraso a proposta, no fim de dezembro.

Evolução
A proposta de orçamento do Fluminense para 2013 projeta um resultado negativo final de R$ 30 milhões. O departamento de finanças explicou que não considerou as receitas do programa do sócio-futebol, de venda de jogadores, consideradas relevantes para aumentar a receita. A expectativa é de continuar diminuindo o negativo. Em 2012 foi de 20 milhões.

Apertado
O Atlético tem até o dia 14 de janeiro para concluir as negociações para mandar os jogos no Mineirão em 2013. Este é o prazo final da Federação Mineira para que os clubes apresentem os laudos dos estádios onde mandarão os jogos. O principal empecilho à negociação é o contrato com a BWA, com multa, para mandar os jogos no Independência.

Extrapolou
O Corinthians já ultrapassou em R$ 400 mil a previsão de investimento para contratações em 2013, que era de 19 milhões. Pato custará R$ 10 milhões por ano até 2016, Renato Augusto foi comprado por R$ 9,4 milhões. A diretoria negocia a contratação do zagueiro Gil, por cerca de R$ 9,5 milhões, parcelada.

DE LETRA

“Nessa hora, torcemos para que ele não se manifeste, fique quietinho. Pode atrapalhar alguém. Ele deveria ir para a praia de novo”, Wlademir Pescarmona, conselheiro do Palmeiras, sobre a intenção dw Arnaldo Tirone de apoiar um dos candidatos nas eleições.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo