Diretoria do Flamengo aceita levar contrato da Adidas para o Conselho Deliberativo



O contrato da Adidas será votado pelo Conselho Deliberativo na próxima quarta-feira. Depois de uma longa reunião entre o vice-presidente de planejamento e marketing do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, com executivos da multinacional, na última sexta-feira, na qual cláusulas foram modificadas, a diretoria do clube aceitou os novos termos contratuais e a proposta de contrato será analisada pelos mais de 1500 conselheiros pertencentes ao CD. O contrato de dez anos será no valor de R$ 363 milhões.

– É verdade. Vamos levar o contrato para ser votado no Deliberativo. Mas só será assinado se for aprovado. Concordamos com os termos e isso será encaminhado quarta-feira para o conselho. Agora temos que esperar para ver como será a análise – confirmou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira à De Prima.

Durante o fim de semana os executivos da Adidas trabalharam para modificar os termos contratuais. A nova diretoria do Flamengo explicou que algumas cláusulas que estavam no documento seriam complicadas de cumprir, como o limite de patrocínios que seriam estampados na camisa e o rigor disciplinar com os jogadores, por exemplo.

Se o contrato for aprovado no Deliberativo, o Flamengo ganhará logo em janeiro cerca de R$ 32 milhões de luvas. Como a Olympikus já deixou de repassar cerca de R$ 7 milhões em royalties, o clube terá de ressarcir cerca de 3,4 à empresa para antecipar a rescisão de contrato para o fim deste ano. Essa quantia terá de ser despositada até a próxima sexta-feira. Os outros R$ 3 milhões serão para a conclusão das obras do museu do clube.

 



MaisRecentes

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo

Volante Gabriel pode deixar o Corinthians e ir para o futebol grego



Continue Lendo

Facebook e Esporte Interativo podem se unir por direitos da Liga dos Campeões no Brasil



Continue Lendo