Reunião com Zinho é remarcada e transição do futebol fica mais atrasada



O novo departamento de futebol do Flamengo, formado pelo vice de futebol Wallim Vasconcellos e pelo diretor executivo Paulo Pelaipe, esperava conversar com Zinho, atual diretor técnico e que pode ser deslocado para o cargo de gerente, ainda na terça-feira após a coletiva de anúncio dos nomes para saber as informações estratégicas do futebol para o ano que vem, além do planejamento para reforçar o clube. Porém, o dirigente só chegou da Índia pela manhã a o encontro para começar a transição ficou adiado, o que atrasa ainda mais o plano do clube para 2013.

Uma nova reunião deverá acontecer nesta quarta-feira para que os novos dirigentes expliquem para Zinho a nova metodologia de trabalho e, consequentemente, o novo plano para sua atuação no futebol, num setor mais próximo ao elenco. Paulo Pelaipe e Wallim querem um mapeamento das deficiência do plantes para iniciar, enfim, a montagem do elenco para a próxima temporada. Nos bastidores a permanência do dirigente, cujo contrato se encerra no fim deste ano, é uma incógnita.

– Vamos definir o mais rápido possível. Assim que terminar a coletiva eu vou me reunir com o vice de futebol, com Zinho, para começarmos a ver os relatórios do departamento, avaliações para a pré-temporada, e a decisão vai ser rápida porque não podemos perder tempo. Os clubes estão contratando e o Flamengo vai contratar e vai fazer um plantel forte, uma equipe competitiva – disse Pelaipe na coletiva na qual foi anunciado como homem forte do futebol do Flamengo.



  • Leandro Teixeira

    Pqp, tá de sacanagem né?! Atrasado?! Poha, será que vcs do lance não perceberam ainda que ainda faltam 20 dias para a posse da nova diretoria?

  • Fabio

    O problema é que a Paty não quer largar o osso! Quer ficar nessa sacanagem até o fim. Devia ter largado e dado chance para os novos iniciarem o processo. Nisso que dá eleições no fim de ano! Não dá tempo ara se preparar…os outros fazem eleições antes e aí tem mais tempo para se ajeitar. Mengão abre o olho!! Eleições em época de planejamento não dá né!!??

  • Bruno Henrique

    Porque o Zinho teve férias se não tem um ano de trabalho, acho que foi só para atrapalhar o planejamento, só pode, ridículo, essa diretoria da Patrícia e o Zinho, dá a entender que não estão nem aí para o clube. Tem que mudar o estatuto, pois os presidentes na transição entregam o time todo bagunçado e sem planejamento. Sugiro que seja aprovado em ano de eleição, no estatuto, o planejamento do ano seguinte, a composição do atual elenco (ex.: contratos a vencer, liberar jogadores desnecessários etc…), com a aprovação dos candidatos a presidência e do conselho. É ridículo, uma presidente que não teve planejamento em 3 anos e ainda atrapalhar a nova gestão.

  • Paulo

    sério, acho a coluna “de prima” muito interessante… mas muito do que é publicado aqui diz respeito ao flamengo, e deveria estar no lugar das noticias exclusivas do flamengo, e nao do futebol em geral. que a grandeza do flamengo tenha luz propria, e nao ocupar em demasia um espaço que deveria ser democrático e falar de todos os clubes.

  • Deógenes

    Ou vocês achariam que a Paty ia facilitar para a nova diretoria. Nesses momentos é que separamos os verdadeiros flamenguistas dos oportunistas. Continuo achando que o Cap. Leo ainda é um entrave para esta nova diretoria.

  • esse Pelaipe vai tirar todo mundo do flamengo se continuar com esse pensamento com novo metodo de gestão pareçe q n quer pagar o restante das parcelas de vagner love ,ja ta tirando o auxiliar de dorival ,falou q renato augusto n estar nos planos do flamengo pq ja ta indo pra outro time nem fez proposta pro cara e ja ta recusando e ainda tem essa burocracia com zinho pelo visto o flamengo em 2013 so vai passear pq depender n vai ter grandes contrataçoes de impacto

MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo