Sem Wallim, Rodrigues atrai oposição do Fla



Líderes da oposição do Flamengo podem abandonar o grupo de Wallim Vasconcellos e apoiar Jorge Rodrigues. Alguns ex-presidentes avaliam que o sucessor de Wallim não terá tempo para viabilizar a candidatura, logo é preciso encontrar outro nome com chance de bater Patricia Amorim. Os primeiros a mudar de lado foram os ex-presidentes Antonio Augusto Dunshee de Abranches e Eduardo Motta.

Plano B
O substituto de Wallim Vasconcellos na chapa Azul na eleição à presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, trabalha há 35 anos no BNDES. Atualmente atua na equipe responsável por avaliar empréstimos para a construção de estradas, aeroportos e portos. Mas nunca chegou a diretor, como Wallim.

Sem opção
A próxima eleição para presidente do Palmeiras poderá ter um recorde de votos em branco. Os prováveis candidatos Décio Perin, Paulo Nobre e Arnaldo Tirone não encantam parte significativa do Conselho Deliberativo. Numa reunião de conselheiros ligados a Mustafá, ontem, grande parte dizia estar sem candidato.

Corda no pescoço
A saída de Renê Simões da direção da categoria de base do São Paulo deixou os profissionais do CT de Cotia sem rumo. O supervisor José Geraldo de Oliveira, homem de confiança de Juvenal Juvêncio e de visão conservadora, voltou a dar as cartas. Os profissionais levados por Renê Simões temem serem os próximos a ser cortados.

Fôlego
Membros da situação defendem que a criação do sócio-futebol vai aliviar a situação financeira do Fluminense. que sofre com penhoras para pagar dívidas de gestões anteriores. O presidente Peter Siemsen espera a associação de 20 mil torcedores até o fim de 2013, Em 2014, o clube teria R$ 600 mil/mês a mais. A decisão é hoje.

Olho de águia
Depois de contratar um diagnóstico para o marketing do Palmeiras, mesmo estando em fim de mandato, o presidente Arnaldo Tirone decidiu jogar todo o trabalho fora. O motivo é que depois do projeto pronto se convenceu de que a pessoa contratada é especializado na operação e não no planejamento.

Só nos bastidores
Flamengo e Fluminense não participaram da audiência pública de concessão do Maracanã, anteontem, no Rio. O Fla, mergulhado em processo eleitoral, não enviou representante oficial. Só foram um grupo de sócios e um membro da chapa de Jorge Rodrigues. Pelo Flu, foi o vice de Planejamento Estratégico, Ademar Arrais, mas só para assistir.

Fogo amigo
Os candidatos oposicionistas Ronaldo Gomlevsky e Jorge Rodrigues mandaram seus seguidores que fazem parte do Conselho de Administração votarem fechado pela impugnação da candidatura de Wallim Vasconcellos à presidência do Flamengo. No grupo de Patrícia, a maioria votou contra, mas houve várias dissidências.

Tiririca
Cartolas do São Paulo querem Rogério Ceni na chapa de situação para o Conselho Deliberativo na eleição de 2014. A expectativa é que Ceni, que estará com a popularidade no topo, meses após se aposentar, vá atrair grande parte do eleitorado para a sua chapa. No São Paulo, há apenas 80 conselheiros eleitos.

DE LETRA

“Em vez criticar ex-presidentes, seria melhor que fiscalizasse a atual diretoria, que fez a dívida crescer em R$ 200 milhões”, Delair Dumbrosck, rebatendo a afirmação de Gonçalo Veroneze, 2 vice do Conselho Fiscal do Flamengo, de que Delair, Marcio Braga e Kleber Leite endividaram o clube, quando o comandaram.



MaisRecentes

Flamengo é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar os 25 milhões em redes sociais



Continue Lendo

Torcedor do Flamengo tem problemas com mudança do local da final da Libertadores



Continue Lendo

Procura por voos para Lima, local da final da Libertadores, aumenta quase 3.000%



Continue Lendo