Sem Wallim, Rodrigues atrai oposição do Fla



Líderes da oposição do Flamengo podem abandonar o grupo de Wallim Vasconcellos e apoiar Jorge Rodrigues. Alguns ex-presidentes avaliam que o sucessor de Wallim não terá tempo para viabilizar a candidatura, logo é preciso encontrar outro nome com chance de bater Patricia Amorim. Os primeiros a mudar de lado foram os ex-presidentes Antonio Augusto Dunshee de Abranches e Eduardo Motta.

Plano B
O substituto de Wallim Vasconcellos na chapa Azul na eleição à presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, trabalha há 35 anos no BNDES. Atualmente atua na equipe responsável por avaliar empréstimos para a construção de estradas, aeroportos e portos. Mas nunca chegou a diretor, como Wallim.

Sem opção
A próxima eleição para presidente do Palmeiras poderá ter um recorde de votos em branco. Os prováveis candidatos Décio Perin, Paulo Nobre e Arnaldo Tirone não encantam parte significativa do Conselho Deliberativo. Numa reunião de conselheiros ligados a Mustafá, ontem, grande parte dizia estar sem candidato.

Corda no pescoço
A saída de Renê Simões da direção da categoria de base do São Paulo deixou os profissionais do CT de Cotia sem rumo. O supervisor José Geraldo de Oliveira, homem de confiança de Juvenal Juvêncio e de visão conservadora, voltou a dar as cartas. Os profissionais levados por Renê Simões temem serem os próximos a ser cortados.

Fôlego
Membros da situação defendem que a criação do sócio-futebol vai aliviar a situação financeira do Fluminense. que sofre com penhoras para pagar dívidas de gestões anteriores. O presidente Peter Siemsen espera a associação de 20 mil torcedores até o fim de 2013, Em 2014, o clube teria R$ 600 mil/mês a mais. A decisão é hoje.

Olho de águia
Depois de contratar um diagnóstico para o marketing do Palmeiras, mesmo estando em fim de mandato, o presidente Arnaldo Tirone decidiu jogar todo o trabalho fora. O motivo é que depois do projeto pronto se convenceu de que a pessoa contratada é especializado na operação e não no planejamento.

Só nos bastidores
Flamengo e Fluminense não participaram da audiência pública de concessão do Maracanã, anteontem, no Rio. O Fla, mergulhado em processo eleitoral, não enviou representante oficial. Só foram um grupo de sócios e um membro da chapa de Jorge Rodrigues. Pelo Flu, foi o vice de Planejamento Estratégico, Ademar Arrais, mas só para assistir.

Fogo amigo
Os candidatos oposicionistas Ronaldo Gomlevsky e Jorge Rodrigues mandaram seus seguidores que fazem parte do Conselho de Administração votarem fechado pela impugnação da candidatura de Wallim Vasconcellos à presidência do Flamengo. No grupo de Patrícia, a maioria votou contra, mas houve várias dissidências.

Tiririca
Cartolas do São Paulo querem Rogério Ceni na chapa de situação para o Conselho Deliberativo na eleição de 2014. A expectativa é que Ceni, que estará com a popularidade no topo, meses após se aposentar, vá atrair grande parte do eleitorado para a sua chapa. No São Paulo, há apenas 80 conselheiros eleitos.

DE LETRA

“Em vez criticar ex-presidentes, seria melhor que fiscalizasse a atual diretoria, que fez a dívida crescer em R$ 200 milhões”, Delair Dumbrosck, rebatendo a afirmação de Gonçalo Veroneze, 2 vice do Conselho Fiscal do Flamengo, de que Delair, Marcio Braga e Kleber Leite endividaram o clube, quando o comandaram.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo