Sucesso no Brasil, UFC enfrenta crise no exterior



As vendas de pay-per-views do UFC nos Estados Unidos tem apresentado queda nos últimos dois anos. No biênio 2009/2010, apenas três eventos deixaram de atingir a marca mínima de 300.000 pacotes vendidos. Em 2011/2012, a marca deixou de ser atingida nove vezes. A empresa atribui a queda à contusão de Georges Saint-Pierre, popular campeão dos meio-médios, que está afastado dos ringues há quase um ano e meio devido a uma ruptura dos ligamentos do joelho direito.

Os números contrastam com o crescimento vivido pelo esporte no Brasil, que chega à sua segunda edição do reality show The Ultimate Fighter, transmitido em TV aberta pela Globo. Ciente disso, o presidente do UFC, Dana White, já avisou que pretende fazer mais shows no país em 2013.



MaisRecentes

Rodrigo Caetano está por detalhes para fechar com o Internacional



Continue Lendo

Rio de Janeiro sediará final mundial de eSports em novembro. São esperadas 25 mil pessoas



Continue Lendo

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo