Sucesso no Brasil, UFC enfrenta crise no exterior



As vendas de pay-per-views do UFC nos Estados Unidos tem apresentado queda nos últimos dois anos. No biênio 2009/2010, apenas três eventos deixaram de atingir a marca mínima de 300.000 pacotes vendidos. Em 2011/2012, a marca deixou de ser atingida nove vezes. A empresa atribui a queda à contusão de Georges Saint-Pierre, popular campeão dos meio-médios, que está afastado dos ringues há quase um ano e meio devido a uma ruptura dos ligamentos do joelho direito.

Os números contrastam com o crescimento vivido pelo esporte no Brasil, que chega à sua segunda edição do reality show The Ultimate Fighter, transmitido em TV aberta pela Globo. Ciente disso, o presidente do UFC, Dana White, já avisou que pretende fazer mais shows no país em 2013.



MaisRecentes

Restituição crescente de verba dá ‘gás’ para Ministério do Esporte lutar por orçamento



Continue Lendo

Vadão está de volta à Seleção Brasileira feminina



Continue Lendo

Árbitro da final da Copa do Brasil é cruzeirense. Mas isso não tem a ver com futebol



Continue Lendo