Ataque de Jorge Rodrigues a Wallim deixa união praticamente inviável, diz Márcio Braga



O ex-presidente Márcio Braga mostrou preocupação com o forte ataque de Jorge Rodrigues a Wallim Vasconcellos no debate dos candidatos à presidência do Flamengo, no domingo. Para Márcio, que apoia a candidatura de Wallim, a atitude praticamente inviabiliza uma futura união das chapas de oposição no fim de dezembro, como chegou a ser cogitado.

O ex-presidente Márcio Braga achou o debate  sem consistência programática e ideológica. Para Márcio, faltou discutir a reforma institucional do clube, financeira e uma mudança do modelo de gestão. O ex-dirigente afirmou que o clube “está uma desgraça” e não se podia discutir a construção de um estádio na Baixada Fluminense.



  • marcio

    Marcio Braga teve inúmeros defeitos como presidente. Várias críticas as suas administrações são pertinentes, principalmente sobre aumento de dívidas. Mas sem dúvida, foi e ainda é, a pessoa que, dentro do Flamengo, tem a maior visão sobre os problemas do clube. Os três últimos títulos brasileiros do Flamengo, 1987 (era um timaço, mas ele teve grande mérito na recuperação física de Zico), 1992 e 2009, foram achados, quando o Flamengo já não era mais o bicho-papão do futebol brasileiro. Todos foram conquistados por ele, em três mandatos perdidos no tempo. Ele não foi presidente por trinta anos. Ele foi presidente nestes anos, sendo o diferencial. Tem estrela. Está apoiando as pessoas certas e mais uma vez está certo naquilo que diz. Qualquer candidato falar em construir um estádio sem saber como vai pagar os salários dos jogadores, soa como piada de mau gosto. Ele demonstra preocupação porque quer Patrícia fora, e está vendo as oposições divididas. Aquele papo de administração temerária, que ele levantou, foi em boa hora, porque ela está afundando o clube e lá dentro ninguém se mexe. Digo mais, entre todos os ex-presidentes do Flamengo, ele é o único que me convence como flamenguista. O resto põe a política acima do clube.

  • ROBERTO ALVES CUNHA

    A VAIDADE DOS CANDIDATOS Á PRESIDÊNCIA DO FLAMENGO, VAI MAIS UMA VEZ PREJUDICAR O CLUBE….OS CANDIDATOS TEM QUE APOIAR O WALLIM, PARA O BEM DO FLA, SENÃO A PATRÍCIA VAI CONTINUAR ACABANDO COM O FLA

  • wilson nagem russo

    Não posso concordar com alguns comentários que afirmam ser o Jorge Rodrigues um “político”, vaidoso, e que vai querer se aproveitar do Flamengo.
    Eu o conheço a mais de 30 anos, desde a época em que eu fui Gerente financeiro da CSN e ele representava uma empresa de navegação.
    O Jorge tem um grave defeito: amar o Flamengo independente de quem esteja na Presidência.
    Estou bem a vontade para expressar a minha opinião pois sou tricolor.
    É um testemunho da verdade. O Jorge Rodrigues sempre quis o bem do Flamengo e se tiver uma oportunidade vai ser um bom presidente, pois hoje é um grande empresário porque sempre foi um bom sujeito.
    Aliás, salve o Fluzão. Rumo ao tetra.
    Um abraço Jorjão.
    Wilson Nagem.

MaisRecentes

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo