Conselheiros do Palmeiras descartam votação de sócio-torcedores nas diretas em 2014



A maioria dos conselheiros de diversos grupos políticos no Palmeiras descartam a participação de sócio-torcedores nas eleições presidenciais diretas de 2014. O motivo é o fato de que o funcionamento do instituto no clube é completamente terceirizado e não encontra previsão no estatuto do clube.
Segundo os conselheiros, o debate pela inclusão estatutária e criação de uma política clara para sócio-torcedores no Palmeiras é um processo longo e trabalhoso, e deverá estabalecer um tempo mínimo de filiação para os votantes, o que impedirá a participação no pleito.



MaisRecentes

Flamengo é o primeiro clube brasileiro a ultrapassar os 25 milhões em redes sociais



Continue Lendo

Torcedor do Flamengo tem problemas com mudança do local da final da Libertadores



Continue Lendo

Procura por voos para Lima, local da final da Libertadores, aumenta quase 3.000%



Continue Lendo