Conselheiros do Palmeiras consideram impeachment inviável



Conselheiros do Palmeiras presentes na reunião desta segunda-feira afirmaram que houve grande pressão pela assinatura do pedido de impeachment de Arnaldo Tirone apresentado por José Corona. Apesar da desparovação unânime da gestão do atual presidente, conselheiros de todos os grupos dentro do clube reconhecem que não há tempo hábil para o processo, que levaria pelo menos quatro meses.



MaisRecentes

Decisão da Justiça libera construção no terreno do clube Everest



Continue Lendo

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo