Conselheiros do Palmeiras consideram impeachment inviável



Conselheiros do Palmeiras presentes na reunião desta segunda-feira afirmaram que houve grande pressão pela assinatura do pedido de impeachment de Arnaldo Tirone apresentado por José Corona. Apesar da desparovação unânime da gestão do atual presidente, conselheiros de todos os grupos dentro do clube reconhecem que não há tempo hábil para o processo, que levaria pelo menos quatro meses.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo