Conselheiros do Palmeiras consideram impeachment inviável



Conselheiros do Palmeiras presentes na reunião desta segunda-feira afirmaram que houve grande pressão pela assinatura do pedido de impeachment de Arnaldo Tirone apresentado por José Corona. Apesar da desparovação unânime da gestão do atual presidente, conselheiros de todos os grupos dentro do clube reconhecem que não há tempo hábil para o processo, que levaria pelo menos quatro meses.



MaisRecentes

Vasco sofre mais uma derrota em ação movida pelo Espetto Carioca



Continue Lendo

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo