Grupo de Belluzzo tenta atrair candidato rival a eleições do Palmeiras



Integrantes do grupo político de Luiz Gonzaga Belluzo no Palmeiras, a União Verde e Branco (ex-Muda Palmeiras), tentam atrair o candidato à presidência Paulo Nobre para uma chapa de união . Para esses conselheiros, a situação do Palmeiras requer maior mobilização completa, e a existência de dissidentes e “salvadores da pátria” é prejudicial ao clube.

A questão é que Paulo Nobre não deverá aceitar uma chapa de união, a não ser que ele seja o cabeça de chapa.

Essa postura retrata bem o que se passa no Palmeiras. Todos reconhecem que o clube está numa situação grave. Mas quem fala o discurso de um “governo de união pelo bem do clube” sempre coloca a si ou a seu grupo no comando desse governo.

Nobre só abrirá mão da cabeça de chapa se for convencido de que não tem chances de vencer e se puder influenciar fortemente no programa de  governo da chapa.

 



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo