Copa terá abertura com WC químico



A Arena Corinthians terá banheiros químicos durante a Copa do Mundo de 2014. As arquibancadas removíveis, que aumentarão a capacidade do estádio em 20 mil lugares, não terão instalações hidráulicas. Profissionais ligados à obra dizem que esses banheiros são tão parecidos com os convencionais que muitos serão surpreendidos. A responsabilidade desses setores é do governo estadual.

Tamanho M
Na sessão do conselho deliberativo que aprovou a terceira camisa para 2013, o presidente do Santos, Luis Alvaro Ribeiro, disse que o clube vendeu 75 mil camisas em 2012, 75% azuis e 25% brancas (o Corinthians vende cerca de 500 mil, e o Flamengo, 1 milhão). A cor laranja no número da camisa listrada foi criticada.

Crise no Planeta Fla
A campanha de Ronaldo Gomlevsky dá sinais de desgaste interno. Algumas pessoas da campanha estão se afastando apontando  como motivo o temperamento difícil do candidato. Também o criticam por gastar tempo com a regularidade da situação de Wallin Vasconcellos em vez de mostrar suas propostas.

Alavanca
A recente tentativa da Olympikus de voltar a negociar com o Flamengo pode atrapalhar a votação do contrato com a Adidas no Conselho Deliberativo. A OLK aceita aumentar o valor do contrato de patrocínio, mas só depois da eleição presidencial. Com a nova investida, o clube vai tentar mudar algumas cláusulas no acordo com a Adidas.

Atolado
O Corinthians continua sem perspectiva de fechar com um patrocinador de camisa. Já são quase seis meses de camisa vazia exceto por patrocinadores temporários. Dirigentes do clube se queixam que o São Paulo fechou com valores muito baixos e que isso atrapalhou os planos de subir os valores em relação a 2011.

Na “Disney”
Enquanto o Flamengo perdia o patrocínio da Brasil Foodservice Group (BFG) que era exibida no calção do time de futebol, o vice de Marketing, Henrique Brandão, e o diretor Marcos Duarte, este remunerado, estavam em uma feira de marketing em Londres. Os dois dirigentes só voltaram ao trabalho no início desta semana.

Reavaliação
A diretoria do Palmeiras diz ter confirmado com a Kia Motors que o contrato não sofrerá redução de valor no reajuste previsto para o final do mês. A direção afirma que o instrumento, com validade de três anos, não se baseia em rendimento esportivo, e, mesmo em caso de rebaixamento, pleiteará uma melhora dos valores. O mandato termina em janeiro.

Outro lado
O presidente da Portuguesa, Manuel da Lupa, diz que os empréstimos do Banif são à Portuguesa e não a ele e ao vice Luis Iaúca. E dizem que o Banif está quatro e não cinco meses atrasado no pagamento do patrocínio. Da Lupa explica que o clube está atrasado no pagamento dos empréstimos, mas que está resolvendo o caso.

Picadeiro
O ex-vice de Futebol do Flamengo Marcos Braz foi alvo de piadas e críticas após sua saída da disputa presidencial. Alguns conselheiros dizem que seu objetivo desde o início era ganhar visibilidade para negociar um cargo. Outros lembram suas declarações de que multidões pediram que se candidatasse.

DE LETRA
“Ele deve ter ido para a mesma escola de piadistas que  Frizzo. Deveria ter falado isso no começo da gestão, e não agora que o barco está afundando”
Wlademir Pescarmona, ex-diretor de futebol e conselheiro do Palmeiras, sobre as declarações do presidente pedindo união das correntes políticas



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo