EUA já contam com vitória sobre Brasil na Davis em 2013



A Federação de Tênis dos EUA, pelo jeito, não está pondo nenhuma fé nas chances do Brasil no confronto com os Estados Unidos, pela primeira fase da Copa Davis de 2013. Esse confronto marcará a volta do Brasil ao Grupo Mundial depois de dez anos e será realizado na primeira semana de fevereiro, numa cidade dos EUA que ainda não foi definida.

Nesta semana, a USTA abriu concorrência interna para escolher a cidade que irá sediar as quartas de final, a fase seguinte da Copa Davis, no primeiro fim de semana de abril. A entidade anuncia o jogo como EUA x Sérvia ou Bélgica. O confronto também será nos Estados Unidos, pelas regras de rodízio da Federação Internacional de Tênis.

Durante a maior parte do século 20, os EUA foram hegemônicos no tênis masculino. Jimmy Connors, Joh McEnroe, Ivan Lendl, Jim Courier, Andre Agassi e Pete Sampras ocuparam o topo do ranking mundial na maioria das semanas.

Nos últimos dez anos, porém, os americanos foram perdendo força. Hoje, o tenista desse país mais bem colocado no ranking da ATP é John Isner, em 12º lugar.

O brasileiro mais bem colocado é Thomaz Bellucci, em 39º.

Apesar disso, os americanos, pelo anúncio aí em cima não consideram muito a hipótese de derrota.



MaisRecentes

Restituição crescente de verba dá ‘gás’ para Ministério do Esporte lutar por orçamento



Continue Lendo

Vadão está de volta à Seleção Brasileira feminina



Continue Lendo

Árbitro da final da Copa do Brasil é cruzeirense. Mas isso não tem a ver com futebol



Continue Lendo