Patricia Amorim não vai à Gávea desde segunda-feira



Derrotada na eleição para vereador, a presidente Patrícia Amorim não aparece desde segunda-feira no Flamengo. Pessoas próximas à mandatária acreditam que ela só deverá voltar ao clube na quinta-feira.

A ausência de Amorim acontece num momento de muita turbulência no clube. Os salários dos jogadores estão atrasados. A negociação com a Adidas está num momento de defninição.

Para piorar, nesta segunda-feira começou a vigorar a licença do vice-presidente Hélio Ferraz, deixando o clube acéfalo.

Amorim recebeu pouco mais de 11 mil votos na eleição e ficou apenas com a sexta suplência em sua coligação. Dessa maneira, sua chance de assumir uma cadeira na Câmara Municipal é muito pequena, apesar de o prefeito reeleito Eduardo Paes ser do mesmo partido (PMDB).

Paes deve chamar alguns vereadores para integrar o secretariado, mas é improvável que surjam seis novas vagas na Câmara.



MaisRecentes

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo

Zagueiro Igor Rabello pode deixar o Botafogo e se transferir para a Itália



Continue Lendo