Patricia Amorim não vai à Gávea desde segunda-feira



Derrotada na eleição para vereador, a presidente Patrícia Amorim não aparece desde segunda-feira no Flamengo. Pessoas próximas à mandatária acreditam que ela só deverá voltar ao clube na quinta-feira.

A ausência de Amorim acontece num momento de muita turbulência no clube. Os salários dos jogadores estão atrasados. A negociação com a Adidas está num momento de defninição.

Para piorar, nesta segunda-feira começou a vigorar a licença do vice-presidente Hélio Ferraz, deixando o clube acéfalo.

Amorim recebeu pouco mais de 11 mil votos na eleição e ficou apenas com a sexta suplência em sua coligação. Dessa maneira, sua chance de assumir uma cadeira na Câmara Municipal é muito pequena, apesar de o prefeito reeleito Eduardo Paes ser do mesmo partido (PMDB).

Paes deve chamar alguns vereadores para integrar o secretariado, mas é improvável que surjam seis novas vagas na Câmara.



MaisRecentes

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo

CBF mantém rodada do Brasileirão, mas Anac vê risco de aviões não decolarem



Continue Lendo