Rosenberg diz que, por ele, Brasil não faria a Copa



O vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, disse nesta quarta-feira num evento em São Paulo que, se tivesse sido consultado, recomendaria que o Brasil não organizasse a Copa do Mundo, mas disse que o evento será “um sucesso”.

– Eu posso garantir isso – afirmou.

Numa mesa redonda do 22º Encontro Internacional de Marketing e Comunicação, organizado pela revista “Meio e Mensagem”, Rosenberg afirmou que o Brasil não tem a ganhar nos dois principais motivos para se realizar uma Copa: tornar o país mais conhecido e melhorar a qualidade e popularidade do futebol no país.

O vice-presidente do clube cujo estádio será o palco de abertura da Copa de 2014 citou que Coréia do Sul e África do Sul organizaram Mundiais pelo primeiro motivo, e Estados Unidos e Japão, pelo segundo.

– Não é nosso caso. O Brasil é conhecido no mundo todo e a nossa paixão pelo futebol, se aumentar, tem colocar o país todo num hospício.

Sobre os risco de problemas de trânsito e atrasos nos aeroportos, Rosenberg disse que não tem a menor dúvida de acontecerão

– Mas isso não tem nada a ver com o sucesso da Copa.  A Copa não é para quem está no país. É para quem está fora. O sucesso (ou fracasso) se decide fora do país, por quem vê pela TV. A Copa da África do Sul teve vários problemas, mas para quem viu pela TV foi um sucesso. E isso é o que vale.

Marcas
Antes de Rosenberg, o especialista em desenvolvimento e valorização de marcas Luis Groterra, da Brandia, disse que o Brasil está perdendo a chance aproveitar esses eventos para valorizar sua marca.

Groterra também criticou o logo da Copa do Mundo, criticou a dissociação entre ele e o lema da Copa “Todos juntos num só ritmo” e ainda mais o mascote e os possíveis nomes.

– Nada disso tem a ver com a imagem que se quer passar do Brasil – disse. Em contrapartida, elogiou o logo dos Jogos Olímpicos de 2016 e minimizou as acusações de plágio.

 



MaisRecentes

Na torcida por Cristiano Ronaldo, atacante João Carlos estará no banco do Flu neste sábado



Continue Lendo

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo