Reunião do Conselho do Fla tem distribuição de camisas oficiais *



*ver posição da Olympikus após a nota

Conselheiros do Flamengo, ao chegar nesta quarta-feira à noite para a reunião extraordinária do Conselho Deliberativo que decidiria sobre o tamanho permitidos dos logos dos patrocinadores no uniforme do clube, foram surpreendidos por uma pessoa que distribuía camisas polo especiais**, fabricadas pela Olympikus.

Segundo conselheiros, a pessoa que distribuía as camisas era um funcionário do clube e que estava distribuindo as camisas a pedido da empresa de material esportivo.

A medida provocou reação de insatisfação entre alguns conselheiros, que criticaram uma suposta tentativa de interferir no rumo da negociação com a Adidas. Mesmo assim, muitos aceitaram o presente.

O contrato entre Flamengo e Adidas ainda não está definido e, por isso, não havia nem a expectativa de pudesse ser votado nesta noite.

A reunião decidiu não tomar nenhuma decisão sobre a pauta e deicidiu-se que ela vai continuar em data a ser definida. A reunião desta quarta foi convocada com 13 dias de antecedência.

* OUTRO LADO – A Olympikus enviou nota à coluna afirmando que as camisas são apenas agrados aos conselheiros, como outros que já fizeram. No ano passado, a Olympikus destribuiu um livro “Sempre Flamengo”, a todos os funcionários, conselheiros e diretores. A distribuição foi realizada no clube apenas por razões logísticas. A empresa esclarece que nunca distribui de presente qualquer tipo de material de jogo, e que entrega ao Flamengo 106 mil peças, para todos os esportes e departamentos. E, por fim, repudia qualquer insinuação de que na distribuição tenha tido algum tipo de má intenção.

** Correção: No texto original, foi publicado, de modo errôneo, que se tratavam de camisas oficiais do time de futebol.



MaisRecentes

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo

Liberada a construção de prédios no terreno do clube Everest



Continue Lendo