Palmeiras não sabe qual diretas aprovou



O Conselho Deliberativo  do Palmeiras não sabe extamente o que aprovou na noite de ontem. Para alguns conselheiros, está claro que as eleições diretas não se aplicam ao próximo pleito. Para outros, essa ainda é uma questão aberta. Em segundo ponto, não se sabe se foi aprovado o princípio das diretas ou a proposta específica apresentada ao Conselho. Isso tudo terá de ser dirimido na segunda parte da reunião que ocorrerá em três semanas, no dia 22. O clube está em estado de reunião permanente do Conselho.

Das outras questões, as principais são

1) Chapa da presidência. Atualmente o presidente e cada vice concorrem em eleições paralelas, sendo razoavelmente comum, a eleição de um vice opositor ao presidente. E quando isso ocorre esse vice fica marginalizado durante a gestão toda. A proposta é fazer o candidato a presidente e os quatro canidatos a vice concorrerem numa chapa só, como ocorre em todos os clubes, prefeituras, governos, presidência da República etc

2) Redução do número de vice-presidências, de quatro para duas.

3) Adoção de uma votação no Conselho Deliberativo prévia à fase das diretas, o que está sendo chamado de “primeiro turno”. Esse filtro seria um número mínimo de votos no Conselho para passar à fase seguinte.

Se o filtro for aprovado, existem quatro propostas de votação mínima obrigatória: 10%, 15%, 20% ou 25% dos votos do Conselho.

4) Ouro ponto que promete dar confusão é que a reunião do dia 22 será uma continuação da reunião do dia 1º. Ou seja, quem não compareceu a primeira não poderá votar na segunda, uma vez que a lista de presença é a mesma. E, ao contrário, se houver muitos ausentes da segunda que estiveram na primeira aprovar qualquer coisa ficará mais difícil.

 

 



MaisRecentes

Na torcida por Cristiano Ronaldo, atacante João Carlos estará no banco do Flu neste sábado



Continue Lendo

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo