Escolha de vice de Amorim foi por menor rejeição



A escolha de Paulo Cezar Mattos Ribeiro como vice na chapa de Patricia Amorim surgiu por uma inversão na estratégia do grupo de situação. Depois de buscar um nome que carregasse votos para a chapa, Amorim e seus aliados decidiram colocar alguém com a menor rejeição e pouca expressão, como o vice do Deliberativo.



MaisRecentes

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo

CBF mantém rodada do Brasileirão, mas Anac vê risco de aviões não decolarem



Continue Lendo