Wrobel recusa convite para ser vice de Patricia Amorim



O vice-presidente de Patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel, não aceitou ser o vice-presidente da chapa de Patricia Amorim para a eleição presidencial de dezembro. Wrobel comunicou Amorim ontem à tarde, alegando motivos particulares. O dirigente, contudo, afirmou à mandatária que continuará apoiando a administração.

A recusa de Wrobel, inesperada pela dirigente, pode adiar o lançamento da candidatura de Patricia Amorim, que aconteceria neste sábado na Gávea. O vice de administração Cacau Cotta e o presidente do conselho deliberativo, Silvio Capanema foram cogitados para ocupar o cargo de vice, o que ainda não foi definido.

Wrobel se destacou por conseguir investimentos para o clube, por convencer o Conselho a aprovar o projeto da REX para o Morro da Viúva e, em determinado momento, foi cogitado para ser candidato a presidente caso Amorim resolvesse não concorrer.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo