Andrés caça parceiro para o Corinthians



O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez tem cada vez mais tarefas no Corinthians. Sanchez foi designado pela diretoria para conseguir um patrocínio master. Segundo um diretor, Sanchez deve levar uma proposta ao presidente Mario Gobbi nas próximas semanas. A Hypermarcas deixou o Corinthians em maio, e desde então só houve acordos pontuais, especialmente com a Iveco.

Aprendiz
Um emissário do Corinthians esteve recentemente em Londres para aprender com o Arsenal como foi a venda dos namings rights da arena erguida em 2006 para a Emirates. A venda foi realizada com 67% das obras prontas – o que no caso do Corinthians deve ocorrer em cinco meses.

Luvas ao vento
O Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras vai cobrar na reunião desta terça-feira que a diretoria explique o que foi feito com os R$ 28 milhões pagos pela TV Globo como luvas para estender o contrato do Campeonato Brasileiro até 2018. Informações não confirmadas passadas a cofistas dão conta de que até 75% do dinheiro já teria sido gasto.

No ato
O Botafogo pagou R$ 6,2 milhões ao Ato Trabalhista do TRT-RJ em julho deste ano, correspondentes a 20% da receita de R$ 31 milhões que registrou somente naquele período. A maior parte, R$ 17,4 milhões, é relativa ás luvas que a Globo pagou pela renovação do contrato de mídias do Campeonato Brasileiro até 2018.

Apagando
O Santos deve lavar as mãos na questão das homenagens feitas a Paulo Henrique no muro do CT. A diretoria está dividida. A corrente majoritária defende não apagar, nem reconstruir os desenhos caso algum seja pichado, como ocorreu neste fim de semana. E deixar as lembranças de Ganso sumirem do clube aos poucos.

Sem Love
O acordo de rescisão entre a Olympikus e o Flamengo não atingiu apenas o Museu do clube. Na negociação a empresa conseguiu que o clube passasse a arcar imediatamente com os rendimentos integrais do centroavante Vagner Love. Até este mês, a empresa pagava R$ 50 mil mensais ao jogador.

Parlamento fechado
A oposição do Vasco ataca o presidente do Conselho Deliberativo, Abílio Borges, por não marcar nenhuma reunião neste ano, nem para examinar as contas de 2011. Segundo os opositores, Borges “tem fugido para não assinar” notificação cobrando uma reunião. Se não houver sessão em outubro, o grupo promete ir à Justiça.

Tiroteio
O ex-vice de patrimônio Frederico Lopes, que ontem à noite estava de saída do Vasco, rebateu as acusações da oposição sobre os R$ 4 milhões destinados aos alojamentos da base, o que não evitou a interdição do CT de Itaguaí (Grande Rio), revogada na última segunda-feira. Lopes diz que não ficou com o dinheiro e que quem deve dar explicações é “quem fez o balanço”.

Na geral
Como se fosse torcedor, o diretor de futebol Zinho criticou em voz alta os erros nas jogadas na partida contra o Atlético-GO. Sentado na tribuna destinada a dirigentes, Zinho, que atuou pelo Flamengo entre os anos 80 e 90, às vezes era tão enfático que até quem não estava muito perto escutava.

DE LETRA
“Eles deveriam ter que ficar até o final do mandato. Fizeram farra com o dinheiro do clube e agora começam a sair”
Gilto Avallone, conselheiro do Palmeiras sobre a saída de dois vice-presidentes e a possível saída de mais um, Roberto Frizzo.



MaisRecentes

Oposição vai pedir que Diego Alves permaneça no Flamengo



Continue Lendo

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo