BC afeta pagamento de salários no Vasco



O Vasco tinha se planejado para usar o dinheiro da venda de Diego Souza ao Al-Ittihad (SAU) para deixar os salários do clube em dia. Com o dinheiro retido no Banco Central – cerca de 2,5 milhões de euros – a diretoria corre para acertar a documentação. A situação ficou ainda pior com a saída do vice de finanças, Nelson Rocha, esta semana. Todo o caso está sendo resolvido pelo departamento jurídico. A folha salarial de agosto está atrasada.

Fuga
Diretores do Palmeiras afirmam que o presidente Arnaldo Tirone e o vice de futebol Roberto Frizzo disseram que não viajarão com a delegação para Florianópolis, hoje, onde o time enfrenta o Figueirense, amanhã. Na semana passada, o restaurante de Frizzo, em São Paulo, foi alvo de vandalismo por parte da torcida.

Petisco
O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) convidou todas as federações presentes para a eleição da Federação Internacional de Vôlei (FIVB) para um almoço ontem no Disneyland Hotel and Resort, em Anaheim (EUA). Ary Graça, presidente da CBV, é um dos três candidatos ao posto. Cerca de 204 federações devem votar na eleição que acontece hoje.

Choque
Parte da diretoria do Corinthians avalia que aumenta o atrito entre o vice Luis Paulo Rosenberg e o restante da direção. Na segunda-feira, Rosenberg ironizou o possível rebaixamento do Palmeiras, em evento no Palestra Itália. Ao mesmo tempo, a diretoria de futebol classificou como indisciplina as provocações de Emerson Sheik ao rival, um dia antes.

Curto e grosso
A Ponte Preta definirá seu novo técnico até segunda-feira. A diretoria vai se reunir com três candidatos no fim de semana, já definiu que oferecerá contratos de apenas três meses de duração, e que não a pagará salários acima de R$ 100 mil. Guto Ferreira, do Mogi Mirim, é um deles.

Hora de verdade
O Flamengo tem até o próximo dia 30 para depositar a primeira de sete parcelas do acordo feito com Deivid para quitar a dívida milionária dos direitos de imagem. Caso o depósito não seja efetuado até a data, o processo será reaberto automaticamente. O total da dívida é de mais de R$ 9 milhões.

Puxão de orelha
O diretor de futebol do Fluminense, Rodrigo Caetano, reprovou as declarações do atacante Marcos Júnior admitindo interesse de um clube italiano. Irritado com a atitude, o dirigente tricolor advertiu o garoto para ter mais cuidado com os assuntos tratados com a imprensa. Caetano afirmou que somente o clube está autorizado a falar sobre negociações.

Chumbo trocado
O grupo Mais Botafogo questionará a indicação do vice de patrimônio Francisco Fonseca para o cargo de vice de futebol na próxima reunião do Conselho Deliberativo, dia 27. Segundo o grupo, a escolha contribui para a centralização do futebol. O presidente Maurício Assumpção rebateu dizendo que a reação é previsível, uma vez que o grupo só reclama desde a eleição.

Cliente Vip
O São Paulo se preveniu para poder pagar ao Santos a compra do meia Paulo Henrique Ganso, mesmo com a greve nacional dos bancários. A transferência será feita pelo Bradesco, que já foi avisado pela diretoria do clube que a transação financeira tem de ocorrer até hoje.

DE LETRA
“Um pássaro na mão nem sempre é melhor do que dois voando. Às vezes o pássaro é um passaralho”  Luis Paulo Rosenberg, dizendo, que ao contrário dos concorrentes, não tem pressa de fechar o contrato de patrocínio. O Corinthians está sem patrocinador máster desde o fim de abril.



MaisRecentes

Liberada a construção de prédios no terreno do clube Everest



Continue Lendo

Instabilidade política do Vasco garante Alberto Valentim no comando



Continue Lendo

Sem apoio político, Pedro Abad perde força no Fluminense



Continue Lendo