Corinthians-Iveco falha e sobra mico



Depois de quatro meses de negociação, Corinthians e Iveco acabaram num impasse um tanto quanto bizarro. O acordo pelo patrocínio master foi descartado, mas a Iveco, acreditando no sucesso, mandou fazer um monumento de quatro toneladas em forma da camisa do time, com o seu logo esculpido, para entregar ao clube na assinatura. Como o acordo furou, o Corinthians não sabe como receber a homenagem. A diretoria avalia que a Iveco se precipitou ao ativar o patrocínio, mas estuda uma forma de ligar o monumento à conquista da Libertadores. A Iveco estampou a camisa do clube nas semifinais e finais do torneio. A ideia inicial de pôr a obra no terreno do futuro estádio é ainda a hipótese mais provável.

Família dividida
O núcleo duro dos amigos do técnico Luiz Felipe Scolari no Palmeiras rachou. Aliados próximos do treinador criticam o preparador de goleiros Carlos Pracidelli por “forçar” a escalação de Bruno, que tem falhado seguidamente, e o assistente Flávio Murtosa por convencer o técnico a escalar jogadores como Leandro Amaro e Marcio Araújo.

Cartão torcedor
A Brahma acertou com o Wall Mart para o programa de cartão de descontos que pretende impulsionar os programas de sócio-torcedores dos clubes. O acordo vai beneficiar principalmente os clubes do Nordeste, porque o Wall Mart é dono da rede Bompreço, a maior da região. O Wall Mart é a terceira rede do Sudeste.

Pistolão sem pólvora
Conselheiros do Palmeiras criticam a diretoria por não obter vitórias no STJD, mesmo com a presença no departamento jurídico de Marco Polo Del Nero Filho, filho da eminência parda de José Maria Marin na CBF. Domingo, Bernard, do Atlético-MG, jogou com efeito suspensivo e fez dois gols sobre o Palmeiras.

Direito de resposta
A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, vai à Justiça para ter direito de resposta a reportagem que diz que ela contratou 25 parentes e/ou pessoas ligadas ao Flamengo em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio. Amorim afirma que as acusações visam desgastá-la diante dos sócios, mas não esclareceu o que pretende contestar.

Bolada no tacape
Segundo o governo do Rio de Janeiro, o estado está em tratativas finais com a Conab para comprar o terreno onde hoje fica o Museu do Índio, no entorno do Maracanã. É quase certo que a área terá que ser demolida para abrir espaço de acesso ao estádio, principalmente por causa de exigências da Fifa com segurança.

Caminho alternativo
O Conselho Fiscal do Vasco colocou os relatórios sobre as parcerias com a Penalty e Torcedor Afinidade como anexos do parecer das contas de 2011, do qual pediu a rejeição. Por causa disso, a oposição deve cessar a pressão sobre o presidência do Conselho Deliberativo, para que enviasse a todos os conselheiros esses relatórios.

Esqueceram de mim
Quatro meses após ser aprovado no São Paulo, o busto do presidente Juvenal Juvêncio no CFA de Cotia ainda não saiu do papel. Segundo a presidência do Conselho Deliberativo, cabe à diretoria administrativa a execução. No mesmo pé está o batismo do alojamento de Cotia com o nome do presidente.

DE LETRA
“Ficar na Série B ganhando R$ 700 mil é moleza. Por esse salário, trabalho até no inferno. Quero ver é ele abrir mão do pagamento”
Seraphim del Grande, conselheiro do Palmeiras, sobre a declaração do Felipão de que cairá “junto com o time” caso o Palmeiras seja rebaixado



MaisRecentes

Na torcida por Cristiano Ronaldo, atacante João Carlos estará no banco do Flu neste sábado



Continue Lendo

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo