Atlético-MG e Cruzeiro na mira do STJD por torcida única



Atlético-MG e Cruzeiro podem ser punidos pelo STJD por fazerem jogos com apenas a torcida do mandante. O regulamento prevê 10% de torcida visitante. O Cruzeiro diz que havia torcedores do Atlético no clássico do primeiro turno. A procuradoria do STJD vai estudar o caso para decidir se fará a denúncia.



  • Sou santista, mais na boa STJD não é sério, nunca foi.
    “”Supremo Tribunal de Jogadas Desonestas””

    • Fernando Bastos

      É mais do que evidente que não é sério, mas ninguém toma alguma providência.

    • Renato

      Concordo plenamente. O STJD deveria interferir quando acontecia a reunião entre clubes, polícia militar e Federação Mineira. Realmente, não há condições de ter um clássico de duas torcidas no estádio Independência.

    • Natan Mendes – BH

      Assino embaixo!

  • matheus valerio cezario

    Esse SJTD é uma piada olha os arbitros, mas se houver punições não existiria mais arbitros.

  • Cristovao Buarque

    Tribunal que deu ao Sr. Bernard,efeito suspensivo em um domingo de feriado prolongado? Essa turma deve ter mais atleticanos que a Galoucura. BMG patrocinou o titulo do galo em 2012. De quebra juizes e adjacências

    • Raphael

      O Galo já é campeão? A torcida pode comemorar então? Estamos na metade do campeonato e esse atleticano aí do Cristovao Buarque já coloca o time como campeão… affff

      Calma pra não cair do Cavalo

  • leonardo

    estranho, pois quem definiu que o clássico seria de uma só torcida foi a Policia Militar…

  • André

    O STJD vai garantir segurança para esses 10%? Só se colocarem 15 mil policiais!Ainda mais que foi de comum acordo entre as diretorias e federação! Tem problemas maiores para se preocuparem.

  • Super sincero

    Kkkk tudo pra tentar tirar a chance do tiítulo do Galo, adia jogo, muda horario e data de jogos, precisa fazer 3 gols pra valer 1 como nos jogos contra santos e palmeiras, enquanto isso todo jogo o fluminense é beneficiado ” vide o penalti não marcado a favor do inter no ultimo jogo” ISSO É BRASIL

  • Marcelo

    Sou Cruzeirense e que dizer que é uma vergonha o STJD querer punir Cruzeiro e Atlético, pelo fato da torcida única, denunciar os clubes seria reconhecer a ignorância do Tribunal, uma vez que os clubes nada podem fazer para mudar a decisão da PMMG e do MPMG em não deixar que se realize o jogo com as duas torcidas. Se o STJD é tão poderoso assim deveria determinar os órgãos do Estado de MG a darem a segurança, tenho certeza que os clubes desejam realizar o clássico com as duas torcidas. Não pode é no esporte acontecer o que temos visto, o STJD culpar quem não tem culpa, exigir segurança de quem não pode dar. Clubes de futebol não são forças de segurança pública. O mineiros merecem mais respeito. Somos Duas vezes campeões da américa, duas vezes campeões brasileiros, quatro vezes campeões da copa do brasil, o Atlético é uma vez campeão brasileiro, não nos esquecendo que é na bola sem ajuda de ninguém, e caso não fossemos históricamente roubados teriamos mais títulos em nossas galerias, como o inacreditável 1974, portanto STJD deixe os absurdos no passado, precisamos de um presente limpo e honesto e mais justo.

  • Thiago-BH

    Cruzeiro e Atlético não escolheram fazer clássicos de torcida única por livre e espontânea vontade, mas sim por determinação da Polícia Militar de Minas Gerais, responsável pela segurança nos dias dos jogos. Que notícia mais estranha essa, hein?

  • Carlos

    Bom agora o STJD vai punir os clubes porque eles deveriam cuidar de segurança pública? Quem define a segurança fora dos estádios é a Policia Militar, é uma vergonha torcida única, mas punir os clube por isso é o mesmo caso do sujeito que pega a mulher traindo ele no sofá de casa e então decide vender o sofá pra não ter problemas. O STJD deve cuidar aquilo que é de competência dele.

  • Ricardo Rodrigues

    O STJD precisa conhecer a realidade do independência é compreender que os estatutos legais exigem interpretação e não a mera e fria aplicação da lei. É impossível garantir a segurança dos torcedores se os jogos no Independência entre Galo e Cruzeiro não tiverem torcida única. Trata-se de uma questão de inteligencia e bom senso. Resta agora indagar o que é mais importante: ter 10% da torcida vivendo um severo risco ou manter a integridade das pessoas. É preciso lembrar que essa postura de ter torcida única está amparada pelo Ministério Público e pela Polícia Militar de MG que avaliam essa medida como adequada. Será que o STJD que faz parte da CBF está entrando em campo como muitos arbitros para comprometer o rendimento do Galo? As forças ocultas do futebol brasileiro estão se tornando muito explicitas e uma investigação na CBF pode favorecer os Clubes, entretanto, a quem interessa isso? Ao Galo certamente, mas, a muitos outros clubes isso não seria interessante. Se querem valorizar o torcedor vamos investigar a CBF há inumeras denuncias graves envolvendo seus representantes.

  • STJD ,TEM QUE PARAR COM ESSA PALHAÇADA, POIS FOI A PM , CORPO DE BOMBEIROS E MINISTERIO PUBLICO QUE PEDIU PARA QUE AS PARTIDAS FOSSEM COM UMA SO TORCIDA. PAREM E VEJAM SE ARRUMAM SERVIÇO , MAIS HONESTO.!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Lucas Chaves

    Parabéns ao super-coerente STJD, que ora recrimina a violência, ora incentiva as guerras entre as chamadas “torcidas organizadas” com atitudes como essa. Para que haja punição aos clubes, o STJD tem que, no mínimo, avaliar as condições do estádio onde será realizada a partida, uma vez que os grandes estádios estão interditados para a realização da “Copa do Mundo” (leia-se desvio de dinheiro às toneladas). Não isento de responsabilidade a PM de Minas, que assinou um atestado de incompetência ao anuir com jogos de torcida única em Sete Lagoas, porém admitir a presença de ambos os fans na Arena Independência seria um catalisador para uma pancadaria sem fim.

  • Se a cidade não tem estádio para suportar jogos entre cruzeiro e atletico, já é conhecido que as infiltrações existem desde Sete Lagoas. O STJD tem que agir antes e assumir responsabilidades transferindo para estadios de outras cidades.

    Não entendo porque no clássico o garoto Bernard que foi o responsável de criar vários tumultos, sempre na lateral do campo, próximo da torcida\banco de reservas não ser punido por insulflar a ira da torcida adversária.

    Atenção:
    O STJD tem que atuar na causa e não na consequencia. Dentro do estádio o tumulto começa sempre pelos jogadores profissionais dentro de campo.
    Observem que não podem usar este argumento como amor ao clube, pois nos próximos anos deverão vestir a camisa do rival.

    Atenciosamente,
    Rosam de Lima
    Serra ES

  • Luiz Marfetán

    STJD sempre foi, é e continuara sendo uma piada. De mau gosto!

  • Gus Van Sant

    foi o Ministério Público que mandou. como vai punir os clubes que acataram a decisão?

  • Scoralick

    Estão querendo arrumar algo para ferra o GALO….

    ÊEEEEEEEEEEEEEE Brasil….

  • Ricardo

    O STJD tem que punir, neste caso, o Governo do Estado de Minas Gerais. Esta palhaçada de torcida única e redução de capacidade dos Estádios não foi ideia de dirigente não, partiu do Estado e sua incompetência mesmo.

    Depois disto, aí pode fechar este tal de STJD, que é um órgão privado da justiça (?) criado para atender aos interesses da CBF.

  • Alberto Neimerck

    É facil..so o STJD ficar responsavel pela segurança do evento….STJD mais engraçado que o Patati Patata kkkkkkk

  • O jogo teve torcida única e já rolou muita confusão, imagina se as duas torcidas estivessem em campo. STJD, vai jogar no facebook e deixa os clubes jogarem bola.

  • Ricardo xavier

    Que piada é essa? Foi determinação do poder público e polícia, os clubes não têm qq controle sobre isso…

    • Ricardo Xavier

      Correção: Onde eu disse poder público, leia-se Ministério Público.

  • nivaldo e.

    o STJD tem que entender que quem determinou jogo de uma só torcida foi o MPE_MG porisso nao devera ter punição pois para a segurança do torcedor segundo as autoridades seria mais facil se for com tocida unica sera?????????????

  • Fernando

    Quanto à torcida do Atlético Mineiro ir no estádio não é novidade e muito menos que eles jogaram os objetos no gramado, são detalhes que devem ser analisados com rigor:

    1- Nos jogos contra qualquer time, por mais que seja uma derrota vergonhosa a torcida do Cruzeiro não faz isso
    2- Participei da final do ano passado onde na fila pra comprar ingressos houve os comentários que a torcida do Atlético iria apenas para prejudicar o time do Cruzeiro, detalhe foi o que aconteceu, eles ainda escaparam de apanhar pois a torcida havia identificado, vão em grande número longe da organizada pra não haver atritos, apenas a PM que não identificou.
    3- Houve atleticanos que postaram isto nas redes sociais tirando vantagem disto até outros sites de esporte comprovaram isso.
    4- STJD só prejudica times de Minas e sem mais!

  • Wederson

    O STJD é mais uma esfera do poder no Brasil que funciona de acordo com os interesses de alguns. É brincadeira como que os critérios de punição para os clubes do eixo Rio São Paulo é diferente para as demais localidades do Brasil.
    O futebol a cada dia vai perdendo a graça e vai chegar o momento que o torcedor vai cansar e largar o futebol de lado. O jogador não pode mais comemorar o maior momento do futebol que é o gol. BRINCADEIRA DE QUEM NÃO TEM O QUE FAZER!!

  • Ricardo X

    Os clubes não podem pagar por uma decisão do Ministério Público Estadual e da Policia Militar de Minas Gerais! Cogitar isso é uma PIADA!

  • Pelo menos o STJD esta apoiando os torcedores. PNC nas autoridades mineiras

  • Ricardo

    Quem tem que ser punido é o poder publico mineiro. Eles que proíbem jogo com 2 torcidas. Os clubes apenas acatam!

  • Gleison

    Então vai ter que julgar o jog do segundo turno tb….Não aceitaremos marias no jogo de entrega de faixas no dia 4/12

MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo