AG usa sobra de concreto e reduz custo do Beira-Rio



A Andrade Gutierrez está usando a sobra de concreto das marquises que estão sendo removidas no Beira-Rio para transformá-las em brita reutilizável para a obra. A iniciativa reduz custo e faz parte de medidas para garantir o selo verde da reforma. A obra alcançou o índice de 33% de conclusão.



MaisRecentes

Decisão da Justiça libera construção no terreno do clube Everest



Continue Lendo

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo