Clubes tentam frear penhoras judiciais



Patricia Amorim, Roberto Dinamite e Peter Siemsen, presidentes de Flamengo, Vasco e Fluminense, respectivamente, estiveram reunidos ontem com o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF), no Rio, para tentar entrar em acordo com a Justiça Federal para impedir penhoras de receita por causa da dívida fiscal. Fla e Flu tiveram recentemente parte do dinheiro das luvas de extensão do contrato com o Globo penhorados. O Rubro-Negro tem duas pré-autorizações da Receita para novas penhoras.

Inflação
O Fluminense fez andar o apoio da Prefeitura para construir o seu CT. Mas o dono do Banana Golf aumentou o preço do terreno e fez o projeto empacar de novo, pois o clube precisa de mais dinheiro. O clube evita falar do assunto para não criar mais expectativa numa das principais promessas eleitorais de Peter Siemsen.

Corredor
A diretoria do Palmeiras vai decidir nas próximas semanas se vai manter ou dissolver o Palmeiras B. Recentemente, a equipe sofreu grande redução no elenco. Teve 32 dos 56 atletas dispensados, e redução de custo mensal de R$ 350 mil para R$ 200 mil. A avaliação de parte da diretoria é que os investimentos com o time B não se justificam.

Departamento alvo
O gerente de marketing do Corinthians, Caio Campos, é alvo de críticas de dirigentes e conselheiros do clube, que já atacavam o vice-presidente Luis Paulo Rosenberg, ex-diretor. Criticam a eficácia das últimas iniciativas do departamento e dizem que Campos não aceita ideias e sugestões que venham de fora do departamento.

Balcão
O Cruzeiro assiste de camarote à pendenga no Mineirão. A minuta do contrato, ainda não concluída, para uso do estádio está com a redação sob responsabilidade da Minas Arena, e não da Lusoarenaso. O clube obteve direito de comercializar algumas propriedades além dos 52 mil lugares previstos no contrato de concessão.

Por Alá
O Vasco espera receber na próxima semana duas parcelas da venda de Diego Souza no valor de 2,5 milhões de euros que estão atrasadas. O Bradesco reteve a primeira por causa do Sela Group, que fazia o pagamento em nome do Al-Ittihad (SAU). Os sauditas culparam o Ramadã por causa do restante do atraso.

Injeção
A SPE encabeçada pela Andrade Gutierrez, responsável pelas obras do Beira-Rio para a Copa-14, já encaminhou o pedido de empréstimo de R$ 231 milhões ao BNDES, pela linha de crédito do ProCopa. A construtora aguarda para ainda este mês a aprovação do pedido. A obra está orçada em R$ 330 milhões.

Planilha
O Fluminense prepara mais um corte no quadro de funcionários, atualmente com 511 contratados. Os cortes, no entanto, dependem de uma folga maior no caixa. O clube tem como política pagar as rescisões trabalhistas de imediato, para não correr o risco de ser excluída mais uma vez do Ato Trabalhista.

Aumento
O atacante Luis Fabiano, do São Paulo, vai pedir uma valorização em seu contrato caso permaneça no clube após encerrar as negociações com o Al Rayyan, do Qatar. Atualmente, ele ganha cerca de R$ 250 mil mensais do São Paulo, mas tem proposta para receber o dobro no Qatar. Até segunda-feira o Al Rayyan deve oferecer R$ 18 milhões pelo jogador.

DE LETRA
“Agora que estou no COL, percebo que organizar uma Copa do Mundo dá trabalho”
Bebeto, membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa de 2014, que disputou três Copas do Mundo, fora um Mundial sub-20 e uma Olimpíada. O ex-jogador e atual deputado estadual pelo Rio está no cargo desde fevereiro.



MaisRecentes

Contestado no São Paulo, Aguirre pode dar lugar a Rogério Ceni no fim da temporada



Continue Lendo

Oposição vai pedir que Diego Alves permaneça no Flamengo



Continue Lendo

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo