Decisão de presidente do Conselho do Fla agrada parcialmente aos dois lados



A decisão do presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo, Sylvio Capanema, de abrir uma comissão preliminar que vai apurar o fundamento da denúncia de gestão temerária contra Patricia Amorim agradou parcialmente aos dois lados. A oposição, por ter seu pedido deferido, mas sem a garantia de que vá se formar uma comissão de inquérito. Já a situação gostou da decisão pelo mesmo motivo, apesar de ter feito pressão para que tivesse sido logo rejeitado.



MaisRecentes

Diretor de ética da CBF vê ‘desconfiança natural’ sobre novo código, mas aposta no tempo



Continue Lendo

Clubes já pagaram mais de R$ 3 milhões de aluguel pelo Maracanã em 2017



Continue Lendo

Ferj tem contas aprovadas em assembleia sem Fla e Flu



Continue Lendo