Fla assinou R$ 4 mi de multa para Joel



O contrato que o técnico Joel Santana assinou com o Flamengo em fevereiro prevê uma multa de cerca de R$ 4 milhões em caso de rescisão unilateral. Na época, o treinador queria um vínculo de dois anos, com o que o Fla não concordou. A multa permitiu o acordo. Esta cláusula é o motivo pelo qual ninguém da diretoria procurou ainda agentes do jogador para o distrato. A ideia do Fla é pagar os salários até o fim do ano, o que vai sair mais barato que pagar a multa.

Toga no cabide
O STJ só vai julgar depois das férias forenses o imbróglio da Série C – Araguaína (GO), Brasil (RS) e Treze (PB) – ganharam na Justiça de seus estados o direito de jogar a Terceira Divisão do Brasileiro, mas só há uma vaga. A decisão do presidente do STJ, Ari Pargendler, causou revolta nos dirigentes esportivos.

Estrela rachada
O grupo Mais Botafogo pediu a impugnação da chapa de situação para o Conselho Fiscal – a favorita.. Alega que a chapa de situação só tem a assinatura de um candidato – são 15 – e não tem beneméritos como candidatos a membros efetivos. Segundo o grupo, as duas exigências estão no regimento do Conselho Deliberativo.

Penhora
O STJ negou recurso do Vasco que pedia efeito suspensivo na penhora do patrocínio da Eletrobras da penhora para pagar dívida do clube com a empresa dona do Vasco Barra. No balanço de 2010, o Vasco pôs uma dívida de R$ 12 milhões, mas a zerou em 2011. Procurados, dois diretores do Vasco não comentaram o caso. A assessoria não foi localizada.

Seca
A recém-formada oposição do Fluminense reclama que o Conselho Diretor passa muito tempo sem se reunir, acima do período máximo de 15 dias que determina o estatuto. O Conselho já ficou até dois meses sem se reunir, mas agora os encontros ficaram mais frequentes. A próxima reunião será na próxima segunda-feira.

Bomba verde
Estourou uma nova polêmica no Palmeiras. Conselheiros dizem ter descoberto que o advogado Pedro Renzo, julgado internamente sob a suspeita de apropriação indevida de indenizações obtidas pelo clube na Justiça, continua defendendo a entidade em outras ações judiciais. O caso está sob apuração.

Só pirata
O Corinthians teve negado pela Conmebol requerimento para vender réplicas da faixa de campeão da Taça Libertadores de 2012. A entidade sul-americana disse que não aceita licenciar o produto nem sob restrições, como indicar o fabricante. O clube já recebeu centenas de consultas de torcedores interessados.

Casa
Nos 3 mil m2 exclusivos do Grêmio no novo estádio ficarão a administração, o Conselho Deliberativo, a loja oficial, o memorial, e uma central de relacionamento com sócios-torcedores. A manutenção desses espaços será feita pelo clube. O Grêmio finaliza o projeto de mudança da administraçãoo para a nova arena, que será inaugurada em dezembro.

Juvenal
Um grupo de sócios do São Paulo pretende entrar na ação que declarou irregular a alteração estatutária que permitiu a re-reeleição de Juvenal Juvêncio. O conselheiro que move a ação, após de ganhar a causa e anular o terceiro mandato de Juvenal, simplesmente deixou de pedir a execução da sentença.

DE LETRA
“Agora vamos saber se o presidente do Conselho está mesmo a favor ou não da transparência no Flamengo”
Delair Dumbrosck, ex-presidente do clube, sobre a abertura de inquérito contra Patricia Amorim, que está sob análise do Deliberativo.



MaisRecentes

Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro está dividida sobre o Everest



Continue Lendo

Diretoria do Vasco usa embargos na Justiça para que caso “HD do Vasco” não termine logo



Continue Lendo

Vitória de Galiotte e Leila Pereira no Conselho Deliberativo gera desconfiança no Palmeiras



Continue Lendo