Tirone recebe oferta ‘cruel’ para reeleição



O ex-presidente do Palmeiras Affonso Della Monica propôs a Arnaldo Tirone aliança para sua reeleição. Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente e líder da União Verde e Branca (UVB), deve apoiar a composição. Tirone ainda não respondeu, mas vê a medida com bons olhos, pois sem eles tem chances remotas. Mas no acordo, Tirone não poderia impor nomes para vices e várias diretorias. O alvo principal de Della Monica é limar o jurídico Piraci Oliveira.

Sem festa
O Corinthians ainda não foi avisado pelo BNDES sobre a aprovação do empréstimo de R$ 400 milhões e não sabe exatamente em que termos ocorreu a aprovação. Dentro do clube há o temor de que alguma exigência, especialmente ligada às garantias, não possa ser atendida e que o processo retroceda.

A perder de vista
O governo do Rio abandonou qualquer prazo para lançar o edital de concessão do Maracanã. Antes, a secretaria de Esportes anunciava que o estádio seria concluído em março de 2013 já com um administrador escolhido. Mas o projeto de edital nem foi encaminhado pela Casa Civil, que conduz o processo.

Mineirão
O consórcio que reforma o Mineirão para a Copa das Confederações deve terminar até o fim de agosto a estrutura do mega-estacionamento que está sendo erguido ao redor do estádio. Em cima dele ficará a chamada Esplanada, espaço de convivência e eventos, inclusive para dias sem futebol. O prazo de entrega do estádio é o final deste ano.

Disputa
O PSDB vai entrar com recurso no TSE para tentar reaver o mandato de vereadora de Patricia Amorim. Ontem, o TRE-RJ deu ganho de causa a Amorim, por cinco votos a um. O PSDB alega que a presidente do Flamengo feriu a lei de fidelidade partidária ao trocar o partido pelo PMDB, no final do ano passado.

Euforia
Dirigentes do Palmeiras que estiveram na festa do título da Copa do Brasil, na madrugada de quinta-feira, em Curitiba, dizem que a conquista deve segurar o meia chileno Jorge Valdivia no clube. Dizem, também, que o técnico Luiz Felipe Scolari não deve ter seu salário aumentado no caso de uma renovação no final deste ano. Ainda não há acordo.

Recuo
Líderes da oposição do Corinthians marcaram encontros para as próximas duas semanas. A intenção é alinhar o discurso após a conquista da Copa Libertadores, que fortaleceu a diretoria. Do Departamento de Futebol, as críticas devem se voltar para outros setores, ainda deficientes, segundo esse grupo.

Apito
A comissão de arbitragem da CBF tem priorizado nos sorteios os árbitros do Rio que não estão entre os mais próximos do diretor de árbitros da Ferj, Jorge Rabello, desafeto de Sergio Correa, da CBF. Rabello está, por ora, enfraquecido depois dos desentendimentos com o presidente da Ferj, Rubens Lopes, no Estadual.

Balança
O coordenador técnico do São Paulo, Milton Cruz, terá que aceitar redução salarial caso aceite a proposta da CBF para assumir a coordenação das seleções de base. Pessoas próximas a ele dizem isso não seria problema, pois ele já se sente obsoleto no clube e vê que terá de sair para se tornar treinador.

DE LETRA
“Não há parcialidade nenhuma, nem pode haver. A mesa se limitou a colocar em votação questões levantadas pelos próprios conselheiros”
José Luis Rolim, presidente do Conselho Deliberativo do Botafogo, negando que a última reunião fora conduzida de forma a agradar a diretoria.



  • borges

    começou a bagunça o cara ja ta pensando em reeleição acho um absurdo isso! OBS: 1º deveriam pensar em trazer 5 jogadores de qualidade tecnica a nivel de seleção pra ganhar a LIBERTADORES DE 2013 E BRIGAR PELO BRASILEIRÃO/12 É O CERTO AO INVES DE FICAREM BRIGANDO PELO PODER COM ESTA POLITICA ARCAICA QUE SO tem ATRASADO ESTE CLUBE A CADA ANO QUE PASSA!!! por isso é que vejo eleições diretas o melhor caminho para modernizar este clube urgente se não vamos ficar mais 14 anos na fila de um torneio tão facil de ganhar que é a COPA DO BRASIL!

  • TUDO PRA METER A MÃO NO NOSSO VERDÃO!

    DIRETAS JA

  • Salve o verdão. Foi bom demais ser Campeão, mas passada a festa é bom lembrar que precisamos com urgência nos recuperar no brasileirão.
    Precisamos também de 6 reforços de bom nível, claro, já visando a Libertadores do próximo ano.
    A festa do título foi linda demais; mais bonita do que a do Corinthians; só espero que a partir de agora, as brigas cessem e o ambiente melhore. Avante verdão!!

  • Falando sobre a reeleição do Tirone, confesso que não vejo nele o presidente ideal para futuras gestões. Precisamos de um presidente mais atuante e menos omisso. O Tirone tem sido muito banana pro meu gosto.Claro, ele tem lá suas qualidades como pessoa de bem,mas está longe de ser o presidente que tanto sonhamos. Precisamos de um presidente mais ousado e que busque alternatívas para o crescimento financeiro e técnico do time; assim como o Andrés fez no Corinthians.Alí está o melhor exemplo de mudança que deu certo. É disso que precisamos no Palmeiras. Parar com as brigas mesquinhas da oposição etc. Gosto do Beluzzo, ele fez muitas besteiras é verdade, mas pelo menos teve coragem para contratar e buscar grandes patrocínios, se hoje temos um grande patropcinador, em parte devemos isto à ele. Precisamos un ir as forças e não dividir. Também o Delamônica é um bom cara, não tem a experiência que o clube precisa, mas tem boa intenção e gosta de colaborar. Vamos fazer um Palmeiras gigante! Sem brigas internas, somando forças e ganhando prestígio nacional e mundial, além é claro de muitos títulos.
    A proposta do Delamônica é boa, se o Tirone não aceitar não será reeleito.Só isso! Aceita ou não? Claro!Já aceitou!! Anotem aí! Carlos Rodrigues-Rádio Bianca FM-Umuarama Paraná- Narrador Esportivo e Palestrino doente.

  • Marcos

    Ué, mas não é o Corinthians o “todo poderoso” que pode pagar tudo? Que tem os maiores contratos com a Globo e de patrocínio? Que tem “30” milhões de torcedores? Por que o “todo poderoso”não poderia honrar um empréstimo com juros reduzidos do BNDES?

    p.s isso porque o resto do estádio já é dinheiro da prefeitura.. lamentável e patética essa história do Itaquerão. Ficará pra história, podem ter certeza.

MaisRecentes

CBF comprou horário na TV Brasil por preço simbólico de R$ 15 mil por jogo



Continue Lendo

Ricardo Teixeira deu ‘carona’ a presos por corrupção em avião da CBF



Continue Lendo

Liga vê Copa do Nordeste com potencial para crescer e pagar mais aos clubes



Continue Lendo