Para conselheiros, Juvenal usou Marin para retaliar Teixeira



Conselheiros do São Paulo afirmam o presidente Juvenal Juvêncio quis retaliar o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira ao articular a escolha do CT de Cotia para receber a Seleção Brasileira, em setembro, antes do jogo contra a África do Sul. Juvenal conseguiu isso com o prestígio que tem junto a José Maria Marin, sucessor escolhido por Teixeira na CBF. No fim de junho, o presidente José Maria Marin e o diretor de seleções Andrés Sanchez visitaram o local. Com Teixeira, o São Paulo não tinha boas relações com a CBF.

Sem paulistério
Ainda é pequena a presença de profissionais de São Paulo nos quadros da CBF. Os principais atuam na área de auditoria. O presidente José Maria Marin busca conhecer em detalhes os gastos da entidade. Quer mais dinheiro para investir, pois já comprometeu R$ 70 milhões com a compra da nova sede.

Mutirão
O empresário rubro-negro Jorge Rodrigues, dono da Triunfo, um dos patrocinadores do Flamengo, vai entregar no dia 23 num principais hoteis do Rio, planos de ideias aos candidatos à presidência nas eleições de dezembro. Rodrigues se apresenta como apartidário e reuniu centenas de rubro-negros para buscar ideais para tirar o clube da crise.

Ambiente
Artur Rocha, presidente da Comissão de Finanças do Conselho Deliberativo do Flamengo, pode deixar o cargo, de acordo com conselheiros do clube. Mesmo há pouco menos de seis meses do fim do atual mandato do Conselho, Rocha já não teria mais o apoio da maioria na comissão. Porém, nenhum pedido de saída foi oficializado no órgão.

Raízes
Dirigentes do Corinthians afirmam que o clube negocia com duas empresas dinheiro para a construção do CT da base, ao lado do CT profissional, pela Lei de Incentivo ao Esporte. A diretoria pretende começar as obras em setembro. O projeto é avaliado em R$ 43 milhões. A obra de terraplenagem está perto do final.

Parcelado
O Sindiclubes espera para hoje a resposta da Justiça trabalhista sobre a liberação da segunda parcela de 2012 do patrocínio da Eletrobras, que servirá para pagamento de salários do Vasco. Segundo o sindicato, as folhas de pagamento de maio e junho estão atrasadas, somando cerca de R$ 7 milhões em débitos.

Resguardo
O presidente da Ferj, Rubens Lopes, vai se afastar do jogo político da CBF por alguns meses. Após a derrota para Marco Polo Del Nero na disputa pela vice-presidência da CBF, Lopes decidiu fugir dos holofotes. O fortalecimento de Del Nero na disputa para 2015 tornou a candidatura de Lopes uma incógnita.

Fezinha
Os deputados que participam do grupo de trabalho que reavalia a Timemania dizem ser impossível que a nova loteria comece a funcionar em um ano. Se avançar a proposta de apostas online para ajudar a socorrer os clubes, ela teria que passar por várias comissões na Câmara e no Senado, uma vez que a prática não é permitida no Brasil.

Motivo
Pessoas próximas do meia Lucas, do São Paulo, afirmam que ele está aliviado com a saída do técnico Emerson Leão, e com a chegada de Ney Franco. Dizem que a mudança pode ser decisiva para que ele recuse propostas do exterior. Lembram, no entanto, que Lucas não descarta jogar na Europa dependendo do rendimento do São Paulo até o fim de agosto, quando volta da Olimpíada de Londres.

DE LETRA
A marca do Flamengo está enxovalhada
Ronaldo Gonlevsky, pré-candidato a presidente do Flamengo pelo grupo Planeta Fla



MaisRecentes

Dirigente do Flu reconhece excesso de jovens no elenco: ‘Ideal é ter mescla’



Continue Lendo

Com Under Armour, Fluminense tem menos uma dor de cabeça



Continue Lendo

Atlético Paranaense abre escola de futebol na África



Continue Lendo