Corinthians ameaça punir conselheiros



Após a Libertadores, o Corinthians está perto de outro feito histórico. O Conselho Deliberativo decidiu dar prosseguimento ao processo de expulsão de quatro conselheiros vitalícios por falta de pagamento das mensalidades. A cassação foi pedida pela comissão de ética ainda na gestão passada, mas o processo ficou parado. A nova mesa do CD decidiu que acusados poderão apresentar nova defesa e depois seus casos irão a julgamento.

Obrigado e adeus
Alguns diretores do Corinthians estão felizes com o surgimento da proposta pelo meia Alex. Dizem que são gratos a ele pelo seu papel na conquista da Libertadores, mas que o jogador não justificou o investimento. Querem pegar o dinheiro da venda e investir em quem possa render mais no Mundial do Japão.

Berlinda
O presidente do Conselheiro Deliberativo do Palmeiras, José Angelo Vergamine, afirma que aceita se comprometer por escrito a convocar o CD para discutir a eleição direta no clube se os proponentes retirarem a ação na Justiça. Vergamine ficou assustado ao saber que conselheiros querem seu impeachment por adiar o tema.

Água
O Fluminense finaliza o contrato para a reforma da sua piscina olímpica, que deve custar em torno de R$ 1 milhão. A obra deve ser concluída em quatro meses, sendo reinagurada no início do verão. Mesmo com a chance de parceria com comitês olímpicos estrangeiros, caso da Holanda, para os Jogos de 2016, a diretoria decidiu não mais protelar a reforma.

Sem barulho
Fábio Koff, presidente do Clube dos 13, não deve acionar o Goiás na Justiça para cobrar uma dívida de R$ 3,2 milhões, que é contestada pelo clube. Considera que isso geraria mais desgaste e que tudo deve ser conduzido com negociação. Assim, o encerramento definitivo do C13 foi estendido mais uma vez.

CBF amiga
Conselheiros do São Paulo admitem que a relação com o presidente da CBF, José Maria Marin, foi chave para a contratação do técnico Ney Franco às vésperas das Olimpíadas. Lembram que há um ano, ainda com Ricardo Teixeira na entidade, o Santos tentou contratar o treinador antes de ir atrás Muricy Ramalho e não conseguiu tirá-lo da CBF.

Hora extra
O Conselho Fiscal do Vasco vai fazer mais um sábado de trabalho para tentar fechar o parecer do balanço de 2011. Mesmo com a demora, os conselheiros do clube não devem fazer pressão para que saia logo, uma vez que preferem que a reunião de votação das contas no Deliberativo não seja feita sem parecer.

Corda bamba
A conquista da Libertadores pelo Corinthians, anteontem, em São Paulo, deixou uma ala política do Flamengo com o cabelo em pé. Esta ala argumenta que o Rubro-Negro perdeu terreno tanto no cenário político como no esportivo e que, a continuar assim, pode ser ultrapassado pelos rival, o segundo de maior torcida no Brasil.

Namoro
Conselheiros de oposição do Corinthians veem Andrés Sanchez, a quem buscam atrair, fortalecido com o título da Libertadores. Dizem que o ex-presidente foi mais festejado que o atual, Mário Gobbi. Anteontem, Sanchez viu a final na arquibancada, ao lado do amigo e ex-diretor André Luiz Oliveira.

DE LETRA
“Acabou o peso. A obrigação foi cumprida. Agora, vamos nos divertir. Vamos jogar o Brasileiro por prazer”
Sérgio Alvarenga, assessor especial do presidente do Corinthians, Mario Gobbi. Em 2008, o técnico Renato Gaúcho, do Flu, fez declaração semelhante antes da final da Libertadores e depois perdeu



MaisRecentes

‘Com a crise, temos que fazer mais com menos’, diz executivo de marketing do COB



Continue Lendo

Romário quer que presidente de órgão do legado olímpico passe por sabatina no Senado



Continue Lendo

COB mantém uniformes da Nike mesmo sem contrato



Continue Lendo