Kia é esperado no Pacaembu



O empresário iraniano Kia Joorabchian é esperado pela diretoria do clube no Pacaembu, amanhã, para a final da Libertadores contra o Boca Juniors. Até ontem, no entanto, ele não havia procurado o clube para conseguir um lugar no Pacaembu, mas a diretoria diz que ele tem outras maneiras de conseguir acompanhar a partida no estádio. O iraniano assistiu à primeira partida na Bombonera, e disse que não viria a São Paulo para o segundo jogo.

Zerado

Apesar de todo o esforço de cortar gastos, o Corinthians não terá superávit expressivo no 1 semestre. A diretoria afirma que tradicionalmente as finanças do 2 semestre são melhores. Mas a falta de um patrocinador master teve impacto no resultado. Até agora, o clube não publicou balancetes mensais.

Brahma-torcedor

A Brahma fechou ontem com o Grupo Pão de Açúcar (inclui Extra) e Carrefour a participação no megaprograma de descontos para sócios-torcedores do principais clubes brasileiros. Pelo projeto, os torcedores que se associarem poderão ganhar em desconto mais do que mensalidade paga ao clube, catapultando a filiação.

Parado

Piraci Oliveira, diretor jurídico do Palmeiras, deu parecer negativo ao presidente do Conselho Deliberativo, José Ângelo Vergamini, sobre a retomada do projeto das eleições diretas promovido por conselheiros de oposição. Segundo Oliveira, a mudança de estatuto proposta para isso vai continuar parada.

Rédeas
Parte da diretoria do São Paulo não acredita que o presidente Juvenal Juvêncio efetive o técnico interino Milton Cruz. Diz que o presidente prioriza manter o auxiliar como funcionário do clube, ajudando também na observação e contratação de jogadores. Antes da queda de Emerson Leão, Milton Cruz também foi alvo de insatisfação torcida.

Regulamentação
O Sindiclubes, sindicato dos funcionários de clubes do Rio, negocia com a direção do Vasco para que os pagamentos sejam efetuados até o 5º dia útil de cada mês. Atualmente, a folha vence apenas do dia 20, o que não agrada ao sindicato e contraria a lei trabalhista. Neste ano, o clube sofreu com atraso salarial.

Candidato
O membro do Comitê de Gestão do Santos, Pedro Nunes Conceição, tem quebrado o protocolo do cargo e participado de perto da vida do Departamento de Futebol. Antigos aliados, hoje desafetos, dizem que Conceição já está se movimentando para se viabilizar como candidato da situação à sucessão em 2014.

Pequenos
Até a entrada de crianças em campo é um desafio para a diretoria do Palmeiras. Ela desistiu de barrar a entrada das que usarem camisas sem o logo da Kia para acompanhar a entrada do time em campo. E ainda estuda fornecer coletes com a marca da montadora. Parte da diretoria cobra que eles contenham também o símbolo do Palmeiras.

Escanteio
A ausência de Rubens Lopes, da Ferj (foto), foi comentada na assembleia da CBF, na sexta. A análise das demais federações é que Lopes perdeu força na queda de braço com Marco Polo Del Nero pela indicação da vice-presidência. Del Nero deve ser o candidato de José Maria Marin para sucedê-lo em 2015.

De Letra
“Ele é o Duque de Caxias II do futebol brasileiro. Um pacificador”

Luis Alvaro Ribeiro, presidente do Santos, sobre José Maria Marin, presidente da CBF, que conseguiu contornar a primeira crise política à frente da entidade, que assumiu há pouco mais de três meses.



MaisRecentes

‘Agressividade’ de Mattos no mercado rende brincadeiras nos bastidores



Continue Lendo

CBF planeja Seleção de Masters para 2018: projeto social e de imagem



Continue Lendo

CBF ‘absolve’ árbitro que não viu confusão Vizeu x Rhodolfo, mas STJD vai analisar



Continue Lendo