Oposição quer cobrar de Amorim dívida por R10



A oposição do Flamengo vai tentar responsabilizar na Justiça Patricia Amorim e sua diretoria pela dívida de R$ 40 milhões que Ronaldinho cobro do clube, entre direitos de imagem (5 meses), INSS e FGTS (12 meses). Márcio Braga, ex-presidente que lidera o movimento, diz que o clube não pode arcar com um contrato que não autorizou. Mas deve esbarrar na nova redação da Lei Pelé, que diminuiu a responsabilização de dirigentes por dívidas.

Colou
O atacante Reinaldo, por meio do advogado Theotonio Chermont de Britto, obteve no TRT-RJ decisão inédita que lhe dá o direito de usar recursos da Companhia Botafogo para receber as dívidas trabalhistas do Botafogo. A CB foi criada em 2003 para separar as receitas do clube das execuções judiciais de dívidas.

Na linha
Rubens Lopes, presidente da Ferj, sugeriu ao grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que revê a Timemania, que os clubes que não obtenham as Certidões Negativas de Débito (CNDs) sejam impedidos competir, para garantir o pagamento de INSS, FGTS e IRRF de agora em diante.

Exigência
O Corinthians rejeitou propostas de patrocínio master para até o fim deste ano e até para o fim de 2013. A diretoria do clube não concordou com os valores propostos. O clube já aceita receber pouco menos de R$ 30 milhões por um ano – que pedia antes -, ou valor proporcional a isso, para até o fim da temporada.

Pêndulo
Wlademir Pescarmona, ex-diretor de futebol do Palmeiras e pré-candidato à presidência nas próximas eleições, descarta composição com Paulo Nobre. No entanto, diz que aceita conversas com o grupo liderado pelos ex-presidentes Affonso Della Monica e  Luiz Gonzaga Belluzzo, que também busca candidato.

Patrocínio
A Chevrolet renovou o patrocínio ao Campeonato Mineiro para 2013 e deve renovar em breve com o Paulistão por outro ano. Em 2012, além dos dois estaduais, a montadora comprou os direitos de nome dos Goiano e Paranaense.  A Chevrolet mantém-se longe do patrocínio de clubes, mas pode fazer uma ação para a Copa.

Cabo de guerra
O Palmeiras dá como certo o acordo com a Adidas para implementar a rede de lojas do clube, em parceria com a Meltex. Segundo dirigentes do Palmeiras, a fornecedora de material começou a mudar de ideia após reuniões na última semana, convencida de que poderia sofrer rejeição da torcida caso não colaborasse com a medida.

Outro lado
Leonardo Ribeiro, do Conselho Fiscal, rebate acusações de que é o responsável pelo time de futebol de areia do clube e que o patrocínio na camisa deste fere o estatuto. Diz que só patrocínios acima de R$ 1,2 milhão precisam passar pelo Deliberativo e que um logo não significa mudança no uniforme.

A prêmio
As declarações de Paulo Cesar Coutinho anunciando a torcedores num bate-papo o afastamento de Ronaldinho Gaúcho – antes de esse ter rescindido o contrato na Justiça – pode complicar sua situação. A advogada do jogador, Gislaine Nunes, já declarou que vai usar a declaração no processo.

DE LETRA
“Fui para a Itália para comer presunto e beber vinhos. O mercado está difícil”
Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians, sobre sua viagem, nos últimos dias, e a procura por um atacante.



MaisRecentes

Com Under Armour, Fluminense tem menos uma dor de cabeça



Continue Lendo

Atlético Paranaense abre escola de futebol na África



Continue Lendo

Finais da Copa do Brasil serão transmitidas nos cinemas



Continue Lendo