Olympikus e Adidas duelam por clubes



A Olympikus procurou Palmeiras e Fluminense, que têm contrato com a Adidas, para tentar negociar uma rescisão. Com o Palmeiras, a negociação deve ser difícil. O clube já pegou adiantados R$ 14 milhões da Adidas. No Flu as conversas estão bem no início, após uma breve negociação em 2011, antes da renovação com a Adidas. Por outro lado, a fornecedora já apresentou proposta para o São Paulo, que tem contrato com a Reebok – controlada no Brasil pela Olympikus – até o fim do ano.

Fluxo
O Fluminense repactuou, na semana passada, um empréstimo com a Globo de R$ 2,5 milhões. O clube estava quitando esta antecipação entre janeiro e abril com a emissora, mas conseguiu deixar o pagamento para os próximos meses. Internamente, o presidente Peter Siemsen determinou que não sejam feitas antecipações das cotas de transmissão do Brasileiro de 2013.

Resta um
O Corinthians conseguiu ontem uma decisão judicial que lhe permite tirar a Certidão Negativa de Débito do INSS. Segundo diretores do clube, agora só falta uma certidão, de âmbito municipal. O clube também foi à Justiça para obtê-la. Quando sair, o Corinthians vai apresentar projetos para captar dinheiro via Lei de Incentivo para acelerar as obras do CT das categorias de base.

Inflação
O aumento que o presidente da CBF, José Maria Marin, deu a si mesmo, passando de R$ 90 mil a R$ 160 mil, pegou mal entre presidentes clubes e de federações. A avaliação é o presidente da CBF já tinha um salário alto e que o que deveria ter sido corrigido – para baixo – era a remuneração dos diretores – na casa dos R$ 70 mi mensais

Ressalvas
Neymar ainda não convenceu totalmente Pelé. Em entrevista ao Portal da Copa, do Ministério do Esporte, que será publicada hoje, o ex-camisa de 10 Santos pediu cautela aos elogios ao camisa 11 santista. “Já tivemos jogadores que também apareceram com grande nome, mas depois não renderam na Seleção”.

Em chamas
A oposição e a diretoria do Botafogo estão em pé de guerra. Após o presidente Maurício Assumpção pedir ao Conselho Deliberativo uma reunião extraordinária para votar uma acusação de fraude na inscrição da chapa da oposição na última eleição, esta ameaça ir à Justiça contra a eleição.

Insatisfação
O grupo Cruzada Vascaína, que hoje encabeça a oposição no Vasco, deve requerer na reunião que vai votar as contas no Conselho Deliberativo – ainda sem data definida – que o clube contrate uma outra empresa para fazer a auditoria independente das contas, por conta dos erros encontrados no balanço de 2011. Alguns mais radicais defendem a denúncia da empresa aos órgãos de contabilidade.

Em caixa
O Fluminense vai receber da Ferj R$ 700 mil de premiação pela conquista da Taça Guanabara e do Campeonato Carioca. O Botafogo, vice-campeão no torneio, terá direito a R$ 500 mil. O Vasco, que foi finalista de dois turnos receberá R$ 400 mil e o Flamengo R$ 200 mil.

Riscado
O único nome que sobrou da lista de reforços pedida por Felipão é o de Obina. O treinador pôs a contratação do jogador, hoje na China, como prioridade. Mas o presidente Arnaldo Tirone não deve acatar o pedido, alegando falta de dinheiro. Pelo mesmo motivo, não vieram Borges, Thiago Ribeiro e Eder Luis.

DE LETRA
“Faltou vontade política da CBF. O que são R$ 2 milhões para quem tem R$ 300 milhões em caixa? Não sei se foi retaliação, mas que eles poderiam ter comparecido, isso podiam” – Rubens Lopes, presidente da Ferj, sobre o leilão da sede da Federação Paranaense de Futebol, no início do mês.



MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo