Sul-Americana: Decisão frente ao Colón também representa um teste para o esquema do São Paulo



A decisiva partida de hoje, às 21h45, entre Colón e São Paulo, definindo quem avançará às oitavas na Sul-Americana, também representa um teste para o estilo de jogo do Tricolor de Aguirre, equipe que oferece a posse de bola ao adversário, sendo veloz e mortal nos contra-ataques.

+ Acompanhe o Crônicas no Morumbi no Facebook
+ Leia também os blogs do Lance: Gol de Canela | Papo de Boleiro

Estilo vitorioso no Brasileirão, mas que não funcionou na primeira partida contra os argentinos. No Morumbi, o Colón entrou retrancado, constituído por um 4-5-1, invertendo a situação da posse de bola, deixando o São Paulo jogar, à espreita de uma bola. E deu certo. O Tricolor não conseguiu furar a barreira portenha e ainda tomou um gol.

A derrota no Morumbi poderá exigir alteração significativa na estratégia do São Paulo para conquistar a classificação na Argentina.

Se o São Paulo tivesse vencido em casa, naturalmente o Colón, jogando diante de sua torcida, teria que partir para cima dos brasileiros, abrindo o jogo e favorecendo o esquema de contra-ataque de Aguirre. Seria a situação ideal para o estilo Tricolor.

Porém, o Colón, jogando em seu estádio, entrará em campo com a vantagem de 1 a 0 debaixo do braço e não precisará se lançar ao ataque. Será o São Paulo, em busca de classificação, avançará suas linhas ou manterá a proposta de recompor-se sempre armado para um contra-ataque?

Ao contrário da partida no Morumbi, o técnico do Colón, Eduardo Domínguez, indica abrir mão do retrancado 4-5-1 para jogar mais aberto, em 4-4-2. Já no São Paulo, a novidade no ataque pode ser a presença de Carneiro.

A situação desfavorável no placar colocará à prova o sistema de Aguirre quanto à sua capacidade de construir jogadas no estilo de contra-ataques e também quais serão as variações caso o sistema não esteja funcionando.



MaisRecentes

Em jogo horroroso, Santos e São Paulo empatam na Vila



Continue Lendo

No sprint final do Brasileirão, São Paulo testa sua força contra o Santos



Continue Lendo

Atlético-MG 1 x 0 SPFC: independência perdida



Continue Lendo