No sprint final do Brasileirão, São Paulo testa sua força contra o Santos



No Morumbi, o Vasco vai tentar segurar o SPFC, que luta pela liderança

Considerando a partida de hoje, às 16 horas, na Vila Belmiro, contra o Santos, o São Paulo têm pela frente 14 rodadas para mostrar sua força no sentido de conquistar o título e não morrer na praia.

+ Acompanhe o Crônicas no Morumbi no Facebook
+ Leia também os blogs do Lance: Gol de Canela | Papo de Boleiro

Ainda que o primeiro parágrafo possa suscitar um pensamento de que é cedo demais para discutir título, vale lembrar a partida contra o Santos faz parte da 25ª rodada, representando que o torneio entrou no seu terço final. É, sem dúvida, o “sprint final”.

São Paulo e Internacional somam 49 pontos, mas a ponta está decidida no foto Sharp do saldo de gols, onde os gaúchos têm um tento a mais. O Tricolor Paulista enfrentará um clássico, contra o Santos, na Vila; enquanto o Inter pegará a Chape, às 20 horas da segunda-feira, fora de casa.

Enquanto a lateral-direita terá que ser improvisada com Liziero, a esperança Tricolor é a volta de Everton, motorzinho da equipe. O São Paulo entrará em campo provavelmente com: Sidão, Liziero, Bruno Alves ou Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo. No meio, Hudson, Jucilei, Nenê. No ataque, Rojas, Diego Souza e Everton.

Nessa reta final do campeonato, o São Paulo, que tem de disputar toda partida em alta rotação para arrancar as vitórias (a maior parte delas suadas e sofridas), depende muito de alguns jogadores para manter o ritmo forte da equipe, terá que contar com o destino para não perder jogadores pelo caminho e ver o título se distanciar do Morumbi.

Uma vitória contra o Santos tem muito peso na disputa pelo campeonato, não só pelos evidentes e óbvios ululantes três pontos, mas também pela tabela da 26ª rodada, quando o São Paulo enfrentará o América-MG, no Morumbi, enquanto o Inter pegará o Corinthians, em Itaquera.

Uma possibilidade maior no campo teórico de o Tricolor vencer, o Inter empatar ou perder, e o São Paulo assumir a liderança.

Mas, para sonhar em retomar a liderança, é preciso vencer o Santos, em plena Vila Belmiro, o que nunca é tarefa simples.



MaisRecentes

Pedir a cabeça de Aguirre é solução para o São Paulo?



Continue Lendo

Virada do Inter expõe um SPFC nem reativo, nem criativo, nem competitivo



Continue Lendo

Inter x SPFC: praticamente um mata



Continue Lendo