Ganso de volta ao Brasil



Ganso: de Maestro no Brasil a moeda de troca na Espanha?

Ganso: de Maestro no Brasil a moeda de troca na Espanha?

Em julho deste ano, toda mídia anunciava a saída de Ganso do São Paulo rumo ao espanhol Sevilha. Era o primeiro ato do jogador que sempre sonhou conquistar o mercado europeu. Porém, nem bem Ganso chegou, nem bem Ganso jogou, e já poderá retornar ao Brasil?

Apenas quatro meses depois, o mesmo Sevilha, do mesmo Sampaoli, que outrora o indicou, parece querer se desfazer de Paulo Henrique Ganso, envolvendo-o (de forma até humilhante), como moeda de troca, para a aquisição de Lucas Pratto.

A notícia já se alastrou na Espanha. Está em destaque na página edição online destinada ao Sevilha no esportivo espanhol As, conforme matéria publicada ontem:  http://futbol.as.com/futbol/2016/11/25/primera/1480077524_810867.html

Recentemente Sampaoli disse que Ganso era excelente jogador e que precisaria de tempo para se adaptar ao estilo de jogo europeu. Por outro lado, também fala em promover alterações na equipe em janeiro.

Conforme a matéria do AS, o principal motivo para a dispensa de Ganso se dá pelo ritmo de jogo, considerado lento em relação à intensidade do campeonato espanhol.

Vale destacar que a questão da velocidade de Ganso em relação ao ritmo europeu foi amplamente discutida pela crônica esportiva brasileira.

Sampaoli conhecia Ganso, sabia de suas características, mas agora não o quer mais?

O técnico argentino acabara de elogiar Ganso, afirmando que ele ainda precisa de um tempo para adaptação. O problema é que, no mundo do futebol, aqui ou no Velho Mundo, prestigiar geralmente é prenúncio de descartar…

 



MaisRecentes

São Paulo é um time que se olha no espelho e não compreende o que vê



Continue Lendo

Bourgeois: “Os clubes brasileiros se tornaram agremiações políticas, que também jogam futebol”



Continue Lendo

Sidão salva o São Paulo



Continue Lendo