Vitória surpreende o Flamengo fora de casa e põe um pé na final da Copa do Brasil sub-17



1
Depois de eliminar Sampaio Corrêa, Palmeiras e São Paulo, o Vitória chegou com moral às semifinais da Copa do Brasil sub-17 e bateu o Flamengo por 3 a 2, nesta terça-feira, mesmo jogando no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Apesar do time da casa ter saído vencendo com gol do artilheiro Matheus Lacovelli logo nos primeiros minutos de bola rolando, o Leão da Barra virou no início do segundo tempo e ainda deixou o gramado reclamando de erros do árbitro Rodrigo Carvalhaes.

Em campo, o Fla abriu a contagem aos oito minutos da etapa inicial, quando o Vitória ainda mostrava postura apática em campo. O empate veio só no finzinho do primeiro tempo, com amplo domínio do time visitante e gol marcado por Yan Matheus. Na etapa complementar, o time baiano dominou e exerceu pressão do início ao fim. A virada veio com o ótimo Geovane, após passe de Yan e drible espetacular no marcador, aos 15. Já o terceiro gol saiu aos 33, da cabeça do zagueiro Rangerson. Desesperado, o Flamengo partiu para cima e diminuiu com Matheus Lacovelli. No lance do gol, jogadores e comissão técnica do Vitória reclamaram de falta sobre Geovane não marcada pela arbitragem.

O jogo de volta entre Vitória e Flamengo, no Barradão, será na próxima terça-feira, às 18h30. O vencedor encara quem se classificar entre Botafogo e América-MG. Nesta quinta, a equipe do artilheiro Luis Henrique e a zebra que eliminou o Cruzeiro fazem o jogo de ida no estádio Nilton Santos, às 21h.

Pela vitória diante do Flamengo, os jogadores do sub-17 do Vitória receberam uma ligação de Raimundo Viana, que é presidente do clube baiano. Segundo o mandatário, foi um resultado espetacular mesmo com tantos erros da arbitragem.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 x 3 VITÓRIA

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/Hora: 28 de abril de 2015, às 19h45
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Wendel de Paiva Gouveia e Diogo Carvalho Silva (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Matheus Lacovelli e Lucas (Flamengo), Cedric e Geovane (Vitória)

GOLS: Matheus Lacovelli, aos 8/1ºT (1-0), Yan Matheus, aos 38/1ºT (1-1), Geovane, aos 15/2ºT (1-2), Rangerson, aos 33/2º T (1-3) e Matheus Lacovelli, aos 36/2º T(2-3).

FLAMENGO: Batista, Kleber, Matheus Thuller, Rafael Santos e Jean Lucas (Vinicius Costa); Michael, Hugo Moura, Pepê (Marcelo) e Patrick; Lucas (Vinicius Paixão) e Matheus Lacovelli. Técnico: Gilmar Popoca.

VITÓRIA: John (Eugênio), Cedric, Rangerson, Gabriel e Padilha; Hebert, Geovane e Farinha; Yan Matheus (Diogo), Eronildo e Caique (Carlos). Técnico: João Burse.



MaisRecentes

Saiba quem está ameaçando o reinado de Brenner e feito de Gabriel Jesus no sub-17



Continue Lendo

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo