Tricolor coroa geração da Copinha com média de 3,5 gols por jogo e título da Copa Ouro



1
Semifinalista da Copa São Paulo em 2014, o time júnior do São Paulo foi uma das gratas surpresas do início deste ano, aplicando goleadas como 4 a 0 no favoritíssimo Atlético-MG e também superando boas gerações de Atlético-PR e Criciúma. Eliminado pelo Corinthians nas semifinais, o Tricolor coroou seu bom time sub-20 com um título na manhã desta quarta-feira. Na Copa Ouro, vitória por 3 a 2 diante da Ponte Preta no Centro de Formação de Atletas de Cotia e conquista inédita na história.

A base do time que derrotou a Ponte Preta nesta quarta é a mesma do time da Copinha. Agora sob o comando do técnico André Jardine, o Tricolorzinho começou assim: Lucas Paes, Foguete, Hugo, Vitor Tormena e Matheus Reis; Matheus Queiroz, Gustavo Hebling, Shaylon e Luiz Araújo; Inácio e João Paulo. Os gols do São Paulo foram marcados por Shaylon, Inácio e Matheus Reis – Hudson e Bahia deram emoção à decisão com os gols da Macaca.

A campanha do São Paulo na Copa Ouro sub-20 foi irretocável, com vitórias sobre Cotia (4 a 1), Taboão da Serra (3 a 1) e São Vicente (5 a 1) na primeira fase. Nas oitavas, 4 a 2 no SEV Hortolândia, nas quartas 2 a 1 no Osasco Audax e na semi 4 a 0 no Independente. A equipe marcou 25 gols em sete partidas, uma média bastante positiva de 3,5 por jogo.

Luiz Araújo foi o principal artilheiro, com sete gols marcados, mas o grande destaque individual da campanha tricolor foi Inácio, que marcou cinco vezes e ainda surpreendeu pela precisão na bola parada. Ele fez dois gols de falta nas semifinais contra o Independente e mais um na decisão diante da Ponte Preta.



MaisRecentes

Primeiro contrato, treinos no profissional e… gols, claro: a semana de John Kléber



Continue Lendo

Goleiro que é destaque na base em São Paulo teve carreira salva por ‘pai-cobra’



Continue Lendo

Como intercâmbios esportivos viraram alternativas viáveis para jovens jogadores



Continue Lendo