Também vamos ver o Sul-Americano sub-17?



cbf2(Em Itu, Seleção sub-17 bateu o Desportivo Brasil, forte equipe da categoria/CBF)

Depois do fracasso com o quarto lugar do Sul-Americano sub-20, a base da Seleção Brasileira volta às competições oficiais no dia 5 de março, desta vez com sua categoria sub-17. A rotina de treinos teve início na semana passada e o primeiro amistoso foi disputado nesta quinta, no Spa Sports de Itu. A equipe comandada pelo técnico Caio Zanardi venceu o forte Desportivo Brasil por 5 a 1 e mostrou que algo pode ter mudado nos últimos meses.

A Seleção sub-17 vem de importantes conquistas no Quadrangular de Seleções, no Chile, e no torneio Nike Friendlies, disputado nos Estados Unidos, momentos que deram esperança para uma geração que teve transição difícil do sub-15. Até o ano passado, o Brasil era um time que abusava de ligações diretas e resolvia a maioria de seus jogos na bola parada. Desde a eliminação na Copa México de Nações alguns jogadores perderam espaço e outros mostraram serviço. Agora, o grupo viaja no dia 2 de março para Assunção, no Paraguai, e enfrenta Colômbia, Paraguai, Peru e Venezuela em seu grupo.

Foram convocados 28 jogadores, mas o grupo ainda não está completo porque o meia Lincoln está nos profissionais do Grêmio (só viaja depois do clássico contra o Internacional, dia 1°) e o atacante Cristiano se lesionou no Bahia.

Além disso, outros jogadores também não participaram de todo o período de treinos: o goleiro Carlinhos, convocado como jogador da Portuguesa, hoje no São Paulo, foi liberado no primeiro dia por conta da morte da mãe e retornou menos de uma semana depois. Já o lateral-esquerdo Caíque chegou mais tarde por ter sido um dos destaques do Tricolor na incrível campanha do vice-campeonato na Copa Internacional Al Kass, no Qatar.

Contra o Desportivo Brasil, Caio Zanardi saiu jogando assim: Bruno (Coritiba), Kléber (Flamengo), Léo (Corinthians), Thiago (Palmeiras) e Caíque (São Paulo); Renan (Corinthians), Mauro Júnior (Desportivo Brasil), Matheus Pereira (Corinthians) e Andrey (Vasco); Evander (Vasco) e Leandro (Ponte Preta).

Depois entraram: Juliano (Atlético-PR); Matheus Fauth (Inter), Adryelson (Sport), Zé Marcos (Atlético-PR) e Alan (Vasco); Jean (Grêmio), Marco Túlio (Atlético-MG) (Loran (Fluminense)), Matheus Fernandes (Botafogo) e Riuler (Atlético-PR); Léo Jabá (Corinthians) e Ramón (Fluminense). Não participaram desse trabalho o Carlinhos (goleiro, São Paulo), Ronaldo (zagueiro, Cruzeiro) e Eronildo (atacante, Vitória).

Evander, do Vasco, marcou dois gols na atividade. Leandro, da Ponte Preta, Matheus Pereira, do Corinthians e Ramon, do Fluminense, macaram os outros e completaram o placar a favor da Seleção.

Domingo, às 9h, contra o Red Bull Brasil, tem mais um amistoso de preparação antes da seleção de 22 nomes e da viagem. Depois de cornetar tanto a Seleção sub-20, vamos dar uma chance aos garotos do sub-17?



  • interessante nestas convocações eles não chamam jogadores do flamengo vem de crisciuma vitória coritiba e etc mais nunca chama do flamengo por isso que não ganha nada nem em visibilidade nem em jogo e em moral essas seleções são uma barca furada eu tenho vergonha de quem organiza este futebol do pais sem logica com um time com a massa do flamengo não ter um representante estes caras são muito burro ediota fela da puta brasil vergonha .flamengo só alegria

    • Lucas

      A comissão técnica não tem culpa do Flamengo não ter jogadores bons na base pra ter um representante no sub-17.

  • Adair Alves

    Parabéns garotada boa de bola, estamos no caminho certo, com muita dedicação chegaremos lá

  • O Ivanildo o futebol carioca ja acabou só a globo e a torcida que não sabe!

  • Lendo o comentario do sr Ivanildo,a gente encontra a resposta do pq,tanta violencia nos estadios e entre as torcidas,lamentavel!

MaisRecentes

Primeiro contrato, treinos no profissional e… gols, claro: a semana de John Kléber



Continue Lendo

Goleiro que é destaque na base em São Paulo teve carreira salva por ‘pai-cobra’



Continue Lendo

Como intercâmbios esportivos viraram alternativas viáveis para jovens jogadores



Continue Lendo