Taça BH tem ponto de ônibus no lugar do banco para jogos de Corinthians e Fluminense



A primeira rodada da Taça BH sub-17 se encerrou nesta sexta-feira com oito partidas, e uma curiosidade chamou atenção no estádio Carlos Costa Monteiro, na cidade de Guaxupé, uma das sedes da maior competição da categoria juvenil: um ponto de ônibus, com assento e cobertura, serve de banco de reservas improvisado para os jogadores e comissões técnicas que utilizarão o estádio.

2

Guaxupé é sede do Grupo 6, que conta com a Esportiva de Guaxupé (equipe que retorna a competições oficiais após três temporadas de inatividade), além do Figueirense, da Ponte Preta, do Corinthians e do Fluminense. Destes, só o Timão ainda não usufruiu do ponto de ônibus, já que folgou na primeira rodada. Só mesmo a título de informação, o torneio já teve Fluminense 1 x 1 Ponte Preta e Figueirense 3 x 0 Esportiva.

Quem explica melhor essa história é o colega jornalista Lucas Bachião, dono do registro fotográfico que ilustra o post.

“A Federação Mineira de Futebol exigiu um banco de reservas maior para atender mais gente da comissão técnica e jogadores, porque o banco da Esportiva era muito pequeno. Segundo o clube, o comunicado da FMF veio muito tarde, então não houve tempo e recurso financeiro suficiente para fazer as obras e aumentar o banco a tempo. Então a situação é que existe um banco, mas não existia cobertura, o que fez a diretoria da Esportiva improvisar e colocar esse ponto de ônibus”.



MaisRecentes

Artilheiro da base assina primeiro contrato profissional com Cruzeiro: ‘Mais um passo’



Continue Lendo

‘Desunião’ faz a força: equipe de São Paulo representa o Brasil no torneio do Neymar



Continue Lendo

Torneio do Neymar tem seletiva baiana vencida por equipe de engenheiros. Oi?



Continue Lendo