Taça BH tem ponto de ônibus no lugar do banco para jogos de Corinthians e Fluminense



A primeira rodada da Taça BH sub-17 se encerrou nesta sexta-feira com oito partidas, e uma curiosidade chamou atenção no estádio Carlos Costa Monteiro, na cidade de Guaxupé, uma das sedes da maior competição da categoria juvenil: um ponto de ônibus, com assento e cobertura, serve de banco de reservas improvisado para os jogadores e comissões técnicas que utilizarão o estádio.

2

Guaxupé é sede do Grupo 6, que conta com a Esportiva de Guaxupé (equipe que retorna a competições oficiais após três temporadas de inatividade), além do Figueirense, da Ponte Preta, do Corinthians e do Fluminense. Destes, só o Timão ainda não usufruiu do ponto de ônibus, já que folgou na primeira rodada. Só mesmo a título de informação, o torneio já teve Fluminense 1 x 1 Ponte Preta e Figueirense 3 x 0 Esportiva.

Quem explica melhor essa história é o colega jornalista Lucas Bachião, dono do registro fotográfico que ilustra o post.

“A Federação Mineira de Futebol exigiu um banco de reservas maior para atender mais gente da comissão técnica e jogadores, porque o banco da Esportiva era muito pequeno. Segundo o clube, o comunicado da FMF veio muito tarde, então não houve tempo e recurso financeiro suficiente para fazer as obras e aumentar o banco a tempo. Então a situação é que existe um banco, mas não existia cobertura, o que fez a diretoria da Esportiva improvisar e colocar esse ponto de ônibus”.



MaisRecentes

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo

Entre os melhores times sub-20 de SP, Água Santa tem camisa 10 que é destaque aos 16



Continue Lendo