Rodrygo, Alan, Bobsin… Conheça cinco candidatos a protagonista da Taça BH



7

Principal competição sub-17 do Brasil, a Taça BH teve início nesta quarta-feira, com a surpreendente goleada por 4 a 1 do Novorizontino para cima do Cruzeiro. São 32 equipes, entre elas 17 que disputam a Série A do Brasileirão, divididas em oito grupos. A primeira fase é composta por três jogos e os melhores de cada chave avançam ao mata-mata.

O atual campeão da Taça BH sub-17 é o São Paulo, que derrotou o Palmeiras na final por 4 a 1 e consagrou a geração de Marquinhos Cipriano, Weverson e Hélio. Foram cinco vitórias e dois empates ao longo da campanha. Um dos destaques do torneio ainda foi o artilheiro Vinícius Júnior, que marcou seis gols pelo Flamengo e foi negociado neste ano com o Real Madrid (ESP).

Há novos Vinícius na edição de 2017? Confira cinco candidatos a protagonista apontados pelo blog a seguir. Não que outros, como Rodrigo Nestor (São Paulo), Alerrandro (Atlético-MG), John Kléber (Ponte Preta, Kazu (Coritiba), Popó (Cruzeiro), João Pedro (Vasco) e Jhonny Lucas (Paraná) também não possam se destacar…

1. Rodrygo (Santos)

4

Nascido em 2001 e, portanto, um ano mais jovem que a maioria dos quase 800 atletas inscritos, o atacante do Santos chama atenção desde as categorias inferiores e tem bom domínio da maioria dos fundamentos em sua posição: habilidade, controle de bola e finalização. Tem nove gols marcados nos últimos três jogos do Paulista sub-17 (16 em nove partidas ao todo) e vive temporada especial.

2. Alan (Palmeiras) 

5

Foi o camisa 10 da Seleção Brasileira campeã do Sul-Americano sub-17 neste ano e vice da Taça BH pelo Palmeiras no ano passado. Volta à competição mais maduro, inclusive pelas experiências no time sub-20, e com status de protagonista. É uma das principais promessas da base do Palmeiras por conta da dinâmica que dá aos jogos e excepcional leitura de jogo.

3. Samuel (Fluminense)

6

Com 11 gols marcados, é o artilheiro do Campeonato Carioca sub-17. Jogador móvel e dono de ótima finalização, tem como uma de suas principais características o bom posicionamento, dando opção de jogadas e abrindo constantes linhas de passe na zaga adversária. Um incômodo para qualquer zagueiro, com média de 0,9 gol por jogo e em evolução.

4. Vitinho (Corinthians)

3

Campeão da Copa São Paulo de Juniores pelo Corinthians, volta ao sub-17 com status de protagonista, inclusive pela experiência na campanha da Seleção Brasileira no Sul-Americano da categoria. Joga como ponta ou centroavante, sempre dando mobilidade e com qualidades de um bom finalizador.

5. Victor Bobsin (Grêmio)

1

Campeão sul-americano sub-17, teve projeção muito forte nesta temporada e chama atenção pela técnica apurada, com boa leitura de jogo e qualidade nos passes. Tem inteligência acima da média e ganha intensidade em seu jogo no desenvolvimento da categoria.



MaisRecentes

Família boleira e retomada após lesões: as inspirações de um brasileiro em Portugal



Continue Lendo

Maior torneio sub-17 do Brasil tem primeira semifinal definida: Palmeiras x Flamengo



Continue Lendo

Bahia cria competição sub-13; primeiro ano será regional, mas há projeto de expansão



Continue Lendo