Rodrygo, Alan, Bobsin… Conheça cinco candidatos a protagonista da Taça BH



7

Principal competição sub-17 do Brasil, a Taça BH teve início nesta quarta-feira, com a surpreendente goleada por 4 a 1 do Novorizontino para cima do Cruzeiro. São 32 equipes, entre elas 17 que disputam a Série A do Brasileirão, divididas em oito grupos. A primeira fase é composta por três jogos e os melhores de cada chave avançam ao mata-mata.

O atual campeão da Taça BH sub-17 é o São Paulo, que derrotou o Palmeiras na final por 4 a 1 e consagrou a geração de Marquinhos Cipriano, Weverson e Hélio. Foram cinco vitórias e dois empates ao longo da campanha. Um dos destaques do torneio ainda foi o artilheiro Vinícius Júnior, que marcou seis gols pelo Flamengo e foi negociado neste ano com o Real Madrid (ESP).

Há novos Vinícius na edição de 2017? Confira cinco candidatos a protagonista apontados pelo blog a seguir. Não que outros, como Rodrigo Nestor (São Paulo), Alerrandro (Atlético-MG), John Kléber (Ponte Preta, Kazu (Coritiba), Popó (Cruzeiro), João Pedro (Vasco) e Jhonny Lucas (Paraná) também não possam se destacar…

1. Rodrygo (Santos)

4

Nascido em 2001 e, portanto, um ano mais jovem que a maioria dos quase 800 atletas inscritos, o atacante do Santos chama atenção desde as categorias inferiores e tem bom domínio da maioria dos fundamentos em sua posição: habilidade, controle de bola e finalização. Tem nove gols marcados nos últimos três jogos do Paulista sub-17 (16 em nove partidas ao todo) e vive temporada especial.

2. Alan (Palmeiras) 

5

Foi o camisa 10 da Seleção Brasileira campeã do Sul-Americano sub-17 neste ano e vice da Taça BH pelo Palmeiras no ano passado. Volta à competição mais maduro, inclusive pelas experiências no time sub-20, e com status de protagonista. É uma das principais promessas da base do Palmeiras por conta da dinâmica que dá aos jogos e excepcional leitura de jogo.

3. Samuel (Fluminense)

6

Com 11 gols marcados, é o artilheiro do Campeonato Carioca sub-17. Jogador móvel e dono de ótima finalização, tem como uma de suas principais características o bom posicionamento, dando opção de jogadas e abrindo constantes linhas de passe na zaga adversária. Um incômodo para qualquer zagueiro, com média de 0,9 gol por jogo e em evolução.

4. Vitinho (Corinthians)

3

Campeão da Copa São Paulo de Juniores pelo Corinthians, volta ao sub-17 com status de protagonista, inclusive pela experiência na campanha da Seleção Brasileira no Sul-Americano da categoria. Joga como ponta ou centroavante, sempre dando mobilidade e com qualidades de um bom finalizador.

5. Victor Bobsin (Grêmio)

1

Campeão sul-americano sub-17, teve projeção muito forte nesta temporada e chama atenção pela técnica apurada, com boa leitura de jogo e qualidade nos passes. Tem inteligência acima da média e ganha intensidade em seu jogo no desenvolvimento da categoria.



MaisRecentes

Saiba quem está ameaçando o reinado de Brenner e feito de Gabriel Jesus no sub-17



Continue Lendo

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo