Sem acordo no São Paulo, Hebling inicia passagem pela Holanda com ‘dois pés’ no PSG



hebDestaque da campanha do São Paulo na Copa São Paulo de Juniores de 2015, o volante Gustavo Hebling deixou o clube ao fim do contrato, em 24 de junho, e estreou nesta terça-feira pelo PEC Zwolle, da Holanda. Nascido em 1996 na cidade paulista de Piracicaba, o jovem até negociou a renovação com o Tricolor, mas a valorização pedida pelo estafe foi além do que o clube desejava pagar na assinatura do primeiro contrato profissional.

– Eu e minha família fizemos o possível para chegar a um acordo com o São Paulo, mas respeito a decisão da diretoria. Independente de tudo o que passei vou guardar em meu coração somente os bons momentos e me esquecer dos ruins – escreveu Hebling nas redes sociais, antes de anunciar o acordo com o PEC Zwolle por uma temporada.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, o PEC Zwolle foi sexto colocado da última edição do Campeonato Holandês e costuma servir como “barriga de aluguel” para o gigante francês Paris Saint-Germain. Assim, após uma temporada de adaptação, Gustavo Hebling deve se juntar em 2016/2017 ao PSG, que tem no elenco atual cinco brasileiros: Maxwell, Marquinhos, David Luiz, Thiago Silva e Lucas – este último revelado justamente nas divisões de base do Tricolor. Este acordo está encaminhado, mas ainda não foi anunciado.

Hebling estava no São Paulo desde os 12 anos, tem convocações para a Seleção Brasileira (sub-15 e sub-17) no currículo e era apontado como grande promessa entre os jogadores 96 que começam a ter espaço no Tricolor após a chegada do técnico Juan Carlos Osorio. O provável novo jogador do PSG até treinou com os profissionais do São Paulo nesta temporada, mas foi afastado em razão da negociação pela renovação e não voltou mais. O negócio com os clubes da França e da Holanda foi intermediado pelo empresário Mino Raiola.

pecSite do PEC Zwolle registra estreia de Hebling em amistoso nesta terça-feira. A equipe do brasileiro venceu o Mersin İdmanyurdu, clube da primeira divisão da Turquia, por 5 a 1.

 



  • flavio

    Ess tal de lucas nunca foi formado nos bambis. Escreva a verdade por favor, qual seja, o jogador foi aliciado e roubado da base do corinthians!! Seus trouxas!!

    • Marcelo

      Babacão antes de sair falando merda ele nunca foi da base do corintia e sim de uma dessas escolinhas de bairro que qualquer lugar tem se informa.

    • jorge souza

      Flavio, trouxa é vc, o Lucas não foi roubado seu burro, o Sr Andrés não queria pagar o que o moleque merecia e ele foi pro Sampa, na verdade vcs só revelam merda. Gil, que vcs diziam que era melhor que o Kaká, Lulinha a maior enganação do Brasil e acabou. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • jorge souza

    Essa diretoria de merda é muito burra. Perdeu um moleque que logo estará na seleção, esse presidente é um merda e o sampa não tem NINGUÉM que entenda de futebol, aí ficar com a bosta desse Lucão que é muito ruim. Enquanto estiver esse bando de velhos filhos da puta que não entende de futebol o time vai ser essa lástima.

  • É VERDADE ESSE TAL DE LUCAO NÃO PRESTA

  • aquilino

    Realmente, quem entende um pouquinho de futebol, pode dizer que este garoto, que agora foi embora, dentro da funçâo de um volante do futebol atual, coloca no bolso, todos que lá estão, inclusive promessa que os que se entende como conhecedor de futebol, dizem que é.

  • aquilino

    Esta diretoria é uma piada, consegue fazer de um time ruim para péssimo, não consegue patrocinio para o time, vende jogadores para pagar os jogadores que não recebe da venda,a gora sem dinheiro e sem jogadores, para eles que sairam, a melhor jogada que poderiam fazer.

  • Eduardo

    Desse jeito é melhor acabar com Cotia mesmo. Os garotos ficam 10 anos se formando, o SP gasta um dinheirão e vende por uma micharia ou empresta por nada. Tem que esperar e dar oportunidade aos moleques. Garanto que já mandamos uma seleção inteira pra rua. Em um momento onde todos falam que precisa investir na base, formar atletas, segurar mais, o SP faz o contrário. Muito ruim essa diretoria.

  • Cabeça Rodrigues

    Poxa estes maloqueiros são uma comédia mesmo. “Eles sabem que são” e sabem também quem é o time que mais lucra vendendo promessas. Isso não tira a falta de responsabilidade e a mal administração de nossa diretoria….fora Aidar.

  • Mauro lopes

    Nao tenho conhecimento de qual foi o valor que ele exigiu….mais imagino que tenha sido alto, pq se ele é considerado uma jovem promessa o tricolor teria tentado ao máximo. …vejo um grande erro desses novos jogadores que antes de se firmarem como jogadores de ponta querem receber salários astronômicos se sentindo bons e quando é pra mostrar o seu real valor não mostram….As vezes prefiro um jogador que não tenha tanta habilidade e que não é tão badalado mas que tenha raça e vontade de jogar e acima de tudo tenha amor e reconheça que qualquer jogador sai muito carro para um clube…As vezes para chegarmos onde almejamos temos que nos humilhar um pouco para que a recompensa chegue no futuro.

  • Essa lei lei tem que mudar.os clubes forman os jogadores ea hora qui vão aproveitar ojogador o contrato ta no fim e eles pedem uma fortuna sem nem terem se firmado no profissional.fora ganso fora pipoca

MaisRecentes

‘Carrego o sonho da família’: a história de uma promessa, suas dores e seu destino



Continue Lendo

Disputa quádrupla pela artilharia agita final da Taça BH sub-17 nesta quinta-feira



Continue Lendo

Brenner sobra no sub-17 do São Paulo. E agora, seguir a cartilha ou correr riscos?



Continue Lendo