Resultados, destaques e polêmicas do maior (e mais escondido) torneio infantil do Brasil



3

A Manchester United Premier Cup, mais conhecida como Copa Nike sub-15, ocorreu na última semana, nos campos do centro de treinamento do Desportivo Brasil/Shandong Luneng, em Porto Feliz, no interior de São Paulo. A principal competição infantil do futebol brasileiro teve a presença de observadores da Seleção Brasileira e de clubes internacionais, mas nesta temporada foi totalmente fechada ao público, familiares e até imprensa, o que segundo os organizadores evita exposição e assédio aos garotos.

A Copa Nike ainda teve vetada de última hora a participação do Vasco, isso graças a um boicote organizado pelos outros clubes participantes. Esse boicote ocorreu após a Federação Carioca e a CBF inscreverem o jogador Paulo Vitor como atleta do Vasco. O problema é que o meia-atacante já tinha contrato de formação com o Fluminense que, segundo seus representantes, não estava depositando os valores da ajuda de custo. A polêmica se arrasta, mas custou de cara um boicote dos clubes ao Vasco na base.

Sem o Vasco e com a Ponte Preta no lugar, participaram 16 clubes e o Atlético-PR saiu com o título com três vitórias no quadrangular final: 2 a 0 no São Paulo, 3 a 1 no Grêmio e 1 a 0 no Santos, que ficou com o segundo lugar. A campanha do Furacão só não foi perfeita por causa de um empate em 1 a 1 com o Fluminense na fase de semifinais, quando precisou resolver nos pênaltis: 5 a 4. Agora, a equipe 2000 do Furacão se prepara para representar o Brasil contra os melhores do mundo na fase européia da MUPC, em agosto, na Inglaterra.

4

No Brasil, o Furacão enfrentou um torneio com os 16 melhores clubes do país (exceto o Vasco) em três fases. Foram quatro quadrangulares iniciais e avançaram os dois melhores de cada chave. Depois, quatro semifinais e quatro classificados para o quadrangular final em jogos disputados em dois tempos de apenas 20 minutos. No fim, Furacão campeão, Santos vice, São Paulo em terceiro e Grêmio em quarto.

Apesar do título do Atlético-PR, Santos e São Paulo dominaram as premiações individuais. O atacante são-paulino Brenner, que nasceu em Cuiabá e está no clube há três temporadas, foi o artilheiro da Copa Nike sub-15, com seis gols marcados pelo melhor ataque da história do torneio, que fechou a fase final com 16 gols. Brenner fez dois no Cruzeiro, três na goleada sobre o Coritiba e mais um diante do Grêmio.

6

Já o melhor jogador da Copa Nike foi o atacante santista Rodrygo. O garoto foi personagem de uma matéria do LANCE! em julho de 2014, quando assinou contrato de patrocínio de cinco anos com a própria multinacional do ramo de material esportivo. Rodrygo está na base do Santos desde 2010, quando deixou o São Paulo, tem suporte do empresário Nick Arcuri e é apontado como uma das principais promessas da base santista para os próximos anos. Rodrygo é conhecido por pessoas que acompanham a base do Peixe como um jogador veloz, forte (tem cerca de 1,60m mesmo com a pouca idade) e com boa capacidade de conclusão com as duas pernas, apesar de originalmente destro.

5

SAIBA OS PLACARES DE TODOS OS JOGOS DA COPA NIKE SUB-15:

Quadrangulares iniciais:

São Paulo 3 x 0 Ponte Preta
Grêmio 2 x 0 Cruzeiro
São Paulo 2 x 0 Grêmio
Ponte Preta 1 x 3 Grêmio
São Paulo 4 x 1 Cruzeiro
Ponte Preta 0 x 3 Cruzeiro

Palmeiras 0 x 1 Atlético-PR
Santos 0 x 0 Palmeiras
Atlético-PR 2 x 1 Santos
Red Bull Brasil 1 x 2 Atlético-PR
Santos 2 x 1 Red Bull Brasil
Palmeiras 1 x 2 Red Bull Brasil

Corinthians 1 x 0 Botafogo
Desportivo Brasil 1 x 1 Corinthians
Corinthians 1 x 0 Coritiba
Desportivo Brasil 0 x 1 Botafogo
Coritiba 0 x 0 Botafogo
Desportivo Brasil 0 x 2 Coritiba

Internacional 1 x 0 Atlético-MG
Atlético-MG 2 x 2 Fluminense
Fluminense 0 x 2 Flamengo
Flamengo 2 x 0 Atlético-MG
Fluminense 2 x 1 Internacional
Internacional 0 x 1 Flamengo

Semifinais:

São Paulo 4 x 0 Coritiba
Santos 1 x 0 Flamengo
Atlético-PR 1 (5) x (4) 1 Fluminense
Grêmio 3 x 1 Corinthians

Quadrangular final:

Santos 2 x 2 Grêmio
Atlético-PR 2 x 0 São Paulo
Santos 0 x 1 Atlético-PR
Atlético-PR 3 x 1 Grêmio
Grêmio 0 x 2 São Paulo
Santos 3 x 1 São Paulo



  • Michel

    Até aqui o Santos deu o sapeco no São Paulo!!! 🙂

  • Julio Cezar de Carvalho

    Só faltou fazer este torneio nas madrugadas, assim ficaria ainda mais escondido.

MaisRecentes

O blog está de férias!



Continue Lendo

Autor de golaço do Brasil sub-17, Paulinho simboliza geração entrosada e talentosa



Continue Lendo

Corinthians registra contrato de duas temporadas com jovem atacante ex-Santos



Continue Lendo