Paraná precisava fazer saldo de seis gols e secar rival na Taça BH sub-17. Conseguiu!



Surpresa entre os 16 classificados à segunda fase da Taça BH sub-17, o Paraná teve uma classificação heroica para as oitavas de final, superando o Grêmio somente no saldo de gols e avançando ao lado do Flamengo para enfrentar o Vitória nesta terça-feira, às 18h, em Rio Doce.

Para resumir: o Paraná chegou à última rodada da primeira fase torcendo para o Grêmio não vencer o líder Flamengo e precisando ganhar por uma vantagem superior a seis gols para passar o time gaúcho na tabela de classificação e avançar. Resultado? O Flamengo venceu o Grêmio por 3 a 2 e o time paranaense conseguiu golear o Ponte Nova por 8 a 1, com os dois últimos gols marcados aos 31 e 39 do segundo tempo. Épico.

– Sabíamos que seria complicado, tínhamos de correr contra o tempo e buscar os seis gols, além da outra partida. Nos preocupamos em fazer nossa parte primeiro. Conseguimos, toda a equipe está de parabéns. Não foi fácil, mas com o trabalho em conjunto de todos fomos buscar a vitória. Depois, foi só secar (risos) – relatou o meia Jhonny Lucas, autor do quinto gol da virada paranista.

4



MaisRecentes

Segue o jogo!



Continue Lendo

São-paulino volta do Mundial sub-17 com novos conceitos (e sondagens da Europa)



Continue Lendo

Lesão rara interrompe ascensão de jovem no Timão. Mas dá tempo para o vestibular



Continue Lendo