Palhinha monta time nos Estados Unidos e prepara estreia em torneio de base do Brasil



palhaPersonagem marcante das histórias de São Paulo (duas Libertadores e dois Mundiais, com direito a gol na final de 1993) e Cruzeiro (onde ganhou a Libertadores de 1997), o ex-atacante Palhinha vive na cidade americana de Boston há três anos e sete meses, ao lado da esposa e de suas filhas gêmeas. Aposentado do futebol desde 2005, o ex-jogador está se aventurando na carreira de gestor de um clube recém-criado por ele mesmo, o Boston City.

Palhinha tentou ser técnico no Brasil, mas construiu carreira fora das quatro linhas em solo americano. Depois de ser coordenador e técnico na Corinthians Soccer Academy, em Los Angeles, o ídolo tricolor “caiu no papo” do sócio Renato Valentim, um self-made man brasileiro na terra do Tio Sam, e topou dar início às atividades de um clube de futebol em Boston. Assim, em abril de 2015, nasceu o clube americano que irá estrear em um torneio brasileiro a partir de julho.

– Não estava previsto participar de nenhuma competição neste ano, mas o Ademir Carvalho, um amigo de muitos anos e ex-jogador de futebol que vive em Belo Horizonte,  me perguntou se a gente não teria vontade de participar da Taça BH. Pois ele foi até a Federação Mineira, conversou com o Paulo Bracks, recebemos o convite e estamos embarcando – resumiu Palhinha, ao blog.

O Boston City é um dos quatro clubes estrangeiros que irão participar da primeira edição sub-17 da Taça BH, ao lado do Shandong Luneng (China), Guaraní (Paraguai) e Nacional (Uruguai). O recém-criado clube americano está na chave de Internacional, Goiás, AMDH Betim e do próprio Nacional, com sede em Belo Horizonte e região metropolitana.

Por causa do convite, Palhinha e Valentim apressaram a formação do primeiro elenco do Boston City. Antes de moldar o time principal, os brasileiros focaram na estruturação do sub-17, que terá o comando do técnico brasileiro Marco Meireles. Segundo Palhinha, “90% dos garotos são filhos de brasileiros nascidos nos Estados Unidos”.

– Está será a primeira de muitas competições – torce o ex-jogador brasileiro, que já marcou o Boston City na pele e agora sonha com as grandes ligas americanas.

Mas essa história toda vai começar é na Taça BH.



MaisRecentes

Saiba quem está ameaçando o reinado de Brenner e feito de Gabriel Jesus no sub-17



Continue Lendo

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo