Palestra de Prass abre horizontes para garotos do Palmeiras e sub-20 já recebe novo técnico



4(Garotos do sub-17 e do sub-15 ouviram conselhos de Prass/Foto: Fábio Menotti/Ag.Palmeiras)

Depois de quase um ano no comando nos juniores do Fluminense, o técnico Marcos Valadares assumiu na tarde desta quarta-feira o sub-20 do Palmeiras que, no início do mês, perdeu Diogo Giacomini para o Cruzeiro juvenil. Marquinhos, como é chamado, já havia conhecido a estrutura da Academia de Futebol 2, em Guarulhos, conversado com os dirigentes da base do Verdão e trocado informações com Giacomini. Nesta quarta, porém, teve o primeiro contato com o grupo de jogadores dois dias após a reapresentação – a equipe foi eliminada nas semifinais da Copa São Paulo de Juniores e teve um mês de férias.

A ideia do comando da base palmeirense é que Marcos Valadares mantenha a linha de trabalho de Giacomini, priorizando a formação técnica e cognitiva do jogador, com um estilo de jogo também semelhante. A novidade será uma integração ainda maior da base com os profissionais, com treinos do sub-20 realizados com frequência na Academia de Futebol, atividades coletivas e também troca de experiências.

O primeiro teste deste novo modelo de integração foi realizado na terça, com as categorias mais jovens, sub-15 e sub-17. O goleiro Fernando Prass, de 36 anos, foi o primeiro palestrante da “Resenha da Academia”, um evento que levará um atleta do profissional a compartilhar suas experiências com os jovens. No evento de abertura foi exibido um vídeo breve, com defesas, conquistas e grandes jogos de Prass. Na sequência, o veterano goleiro teve 30 minutos para falar sobre sua história.

Prass contou das dificuldades, como quando o Grêmio, clube onde foi revelado, o emprestou à Francana para jogar Série A2 do Paulistão, além de suas experiências na Europa, lesões, problemas e lutas com a camisa do Palmeiras. Depois do discurso, a Resenha foi aberta para perguntas das mais variadas por parte dos garotos do sub-17 e do sub-15. Prass foi questionado se já pensou em parar, como foi viver longe de casa, dimensão da influência de empresários e uma série de outros assuntos. O encontro ocorrerá uma vez por mês, com outros jogadores.

Além das palestras e dos treinamentos na Academia, a integração também passa pela boa vontade do técnico Oswaldo de Oliveira e da nova diretoria de futebol em dialogar com os dirigentes da base. Encontros entre Cícero Souza, gerente de futebol, e Erasmo Damiani, coordenador da base, têm sido constantes. A comissão técnica de Oswaldo também se interessa pelos relatórios elaborados pela equipe de Damiani, e o treinador até chegou a consultar Bruno Petri, técnico do sub-17, a respeito do atacante Gabriel Jesus, nova jóia do elenco profissional.



  • Tadeu

    Bem vindo Marcos Valadares, tomara que tenha sucesso no nosso verdão.
    Você tem um ótimo elenco nas mãos e um estrutura de primeiro mundo.
    Boa sorte!!!

  • espero que sobre seu comando saia bons valores para ser uma joia do verdao, q consiga ser um ademir da guia, luizao,dudu, leivinha,leao,cesar maluco e outros que passaram como herois palmeirense.

  • ACNeto

    Bem vindo Valadares, a proposta do nosso verdão será a melhor de todos os tempos, tenho plena certeza. o pessoal pensante, agora tem mentalidade de equipe/empresa grande. Vamos em frente, só nos resta ser campeão da copinha no início do ano que vem. abço.

MaisRecentes

Saiba quem está ameaçando o reinado de Brenner e feito de Gabriel Jesus no sub-17



Continue Lendo

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo