Ofensividade de Marcos Valadares, ex-Flu, é aposta do Palmeiras no comando do sub-20



valada(Valadares trabalhará pela primeira vez no Estado onde nasceu/Divulgação)

O Palmeiras já escolheu o sucessor de Diogo Giacomini no comando do time sub-20. Após ver seu treinador deixar o clube para voltar a Belo Horizonte, ser pai e assumir o sub-17 do Cruzeiro, o Verdão está próximo de assinar com Marcos Valadares, que comandava os juniores do Fluminense desde julho do ano passado. Erasmo Damiani, coordenador da base do clube paulista, ainda não confirma o acerto, já que não há contrato assinado, mas o próprio Flu já publicou nota oficial informando a saída de Valadares, que vinha fazendo ótimo trabalho no Carioca sub-20.

O trabalho de Marcos Valadares foi analisado pelo blog na semana passada (veja abaixo), quando o Flu atingiu a média de 4,5 gols por jogo na reta inicial do Estadual Júnior. Agora, o profissional de 37 anos terá o desafio de manter sua filosofia ofensiva no Palmeiras. Mas, principalmente, de seguir formando jogadores com elevada consciência tática, o que é demonstrado na atual geração 95/96/97 do Flu, que tem nomes como Marlon, Robert, Gérson e Kenedy, a maioria frequente na base da Seleção Brasileira e que passou pelas mãos do treinador.

Valadares chegou ao Fluminense para comandar o sub-17 em julho de 2012. Na categoria, conquistou tudo e mais um pouco, desde a Copa Internacional Al Kass até Campeonato Carioca. Com a promoção de Marcelo Veiga à coordenação da base, Valadares assumiu o sub-20 e não fez feio, com eliminação só nas oitavas da Copa São Paulo. Em entrevista ao site do Fluminense, em sua chegada ao clube, o treinador explicou o conceito de seus treinamentos.

– O objetivo do meu trabalho é, primeiramente, formar atletas de bom nível técnico e bom nível cognitivo, ou seja, inteligentes. As minhas equipes gostam de jogar com a bola no pé, com qualidade. Sempre formo equipes agressivas e bem posicionadas em campo. Tradicionalmente, a escola carioca é formadora de jogadores técnicos, habilidosos. É bem próxima do que eu penso. Gosto de jogo rápido e inteligente – explicou Marcos Valadares.

O novo técnico do Verdão sub-20 nasceu em São Paulo, mas formou-se na escola mineira de futebol, já que mudou ainda criança para Belo Horizonte e construiu por lá sua trajetória. Foi atleta na base do Villa Nova e do Santa Cruz, mas desistiu e se formou em educação física. Já passou por Ipatinga, América-MG e Cruzeiro antes de chegar ao Fluminense.

JÁ NO FLU…

Luiz Felipe, que estava no comando do sub-17, assume agora o time de juniores, Ricardo Perlingeiro fica no juvenil e Gustavo Leal, que era auxiliar técnico do sub-17 é o novo responsável pela equipe sub-15. Todas as mudanças já foram oficializadas pelo Flu e estão no L!Net -> http://www.lancenet.com.br/fluminense/Fluminense-mudancas-comando-tecnico-categorias_0_1307269325.html



MaisRecentes

‘Desunião’ faz a força: equipe de São Paulo representa o Brasil no torneio do Neymar



Continue Lendo

Torneio do Neymar tem seletiva baiana vencida por equipe de engenheiros. Oi?



Continue Lendo

Estudioso e focado, Fabrício Oya embarca para primeira competição pela Seleção



Continue Lendo