Geração campeã de tudo na base do Corinthians ainda não recebeu premiação por títulos



1(E a grana? Clube não deu mais satisfação sobre promessas/Foto: Miguel Schincariol)

Campeão paulista e brasileiro de 2014 e também da badalada Copa São Paulo de Juniores neste ano, o Corinthians ainda não pagou um centavo da premiação prometida ao grupo de jogadores do seu elenco sub-20 em razão dessas importantes conquistas na base.

O Timão não chegava à decisão do Campeonato Paulista sub-20 há dez temporadas, e não o vencia desde 1997, quando bateu o Santos. Em 2014, o título veio em disputa de pênaltis contra o Grêmio Osasco e a diretoria prometeu depositar uma bonificação em caso de conquista, o que nunca aconteceu. Mais tarde, antes do título do Brasileirão da categoria contra o Atlético-PR, o valor estava estipulado em R$ 10 mil por atleta, mas nada foi pago até hoje.

Na Copinha de 2015, já sob ação da nova diretoria, as promessas foram mais vultosas. Antes da semifinal contra o São Paulo, em Limeira, um influente dirigente afirmou durante a preleção que haveria uma premiação de R$ 250 mil a ser dividida entre os 25 jogadores em caso de classificação. Promessa feita, vaga garantida, promessa não cumprida.

No dia anterior ao compromisso diante do Botafogo de Ribeirão Preto, o superintendente Andrés Sanchez abordou o grupo com a promessa de R$ 1 milhão a ser dividido por todo o grupo de jogadores e funcionários caso o título fosse conquistado. Apesar da festa pela medalha de ouro no Pacaembu, ainda não se viu a cor do dinheiro.

O Corinthians deve, hoje, aproximadamente R$ 50 mil para cada jogador que participou dessas conquistas. Alguns, inclusive, já deixaram o clube entre janeiro e março deste ano, como Yan e Marcinho, titulares da Copa São Paulo de 2015, além de outros como PC, Henrique, Ualefi e Gilmar. Nenhum recebeu. A nova diretoria ainda não se justificou para o grupo de jogadores.



  • Nelson

    Vergonha ,nao da para acreditar um clube como este tratar assim os jogadores que sao o futuro da equipe , os dirigentes deveriam ter vergonha na cara de fazer um papelao como este !

    • REINALDO DE BARROS

      esse curintias casual nao pagou ate agora os empresarios do paulinho, faz 2 anos ja, nao pagaram os IPTUS da fazendinha, nao pagaram o terreno da prefeitura, se contar os processos trabalhaistas enrolado, estpou pra ver um clube tão caloteiro como esse curintias, tinha que estar envolvido com o PT mesmo.

  • José Udson Maia

    Srs. Diretores, tenham a honradez de pagarem a gurizada. São bons jogadores e responderam com conquistas !!! Gastem menos com medalhões ( tipo Pato ) e olhem com mais carinho para a base !! Precisa ter mais jogadores juvenis no time profissional ( e colocar pra jogar !!)

  • não se preocupem que todos que tem alguma coisa para receber do Corinthians, com certeza nãp ficarão sem receber.

  • Mauvemir

    Herança Mario Gobbiana. A Diretoria atual tem que colocar a casa em ordem, baixar a bola de alguns jogadores que ganham muito e dão pouco retorno; se um dos preços a pagar por isso é a não renovação com o Guerrero, que seja, pois o clube não pode ser refém de qquer jogador que seja. A tão decantada administração de Andrés Sanches, está em xeque, pois o clube nunca esteve tão endividado e meio perdido, não sabendo de onde tirar dinheiro pra sanar essas dívidas.

  • Pingback: Geração campeã de tudo na base do Corinthians ainda não recebeu premiação por títulos | timaodiariotv()

  • Ricardo

    Meu Deus, tenho sentimentos contraditórios com relação à administração Andres Sanches e sua situação. Nunca vencemos tanto mas tb nunca nos endividamos tanto e faltamos tanto com a palavra.

  • clayton adamo

    como motivar a garotada a ganhar mais titulos e subir para o profissional e c dedicar ao clube c nao pagao oque prometen.abre o olho diretoria.

  • O CAVERNOSO

    Não se deve dar prêmios por títulos, pois os atletas já estão no olho do furacão e podem subir para os profissionais e os profissionais já são bem pagos p\ ganhar, outrora era diferente havia mais amor e a Presidência tinha prazer em ofertar uma grana gorda p\ os jogadores que eram criados no clube e amavam a camisa. Hoje não temos mais jogadores de futebol, mas atletas que só querem ganhar fortunas e usam a camisa dos grandes p\ alçarem voos mais altos, vejam o caso do GUERRERO.

  • REINALDO DE BARROS

    JA ERA, ESSE TIMINHO CASUAL NAO PAGA NINGUEM.

MaisRecentes

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo

Entre os melhores times sub-20 de SP, Água Santa tem camisa 10 que é destaque aos 16



Continue Lendo