Dois anos após pausa na carreira, goleiro-craque da Copinha vai jogar em Portugal



Empatado com Pedrinho, que hoje é xodó e frequentemente utilizado no time profissional do Corinthians, o goleiro Gerson foi eleito como um dos melhores jogadores da Copa São Paulo de Juniores em 2017. Pelo modesto Batatais, o jogador chamou atenção com pênaltis defendidos em duas fases eliminatórias e também pela sinceridade nas entrevistas, especialmente ao admitir que estava “gordinho” para um atleta de sua posição.

Menos de sete meses depois do sucesso na Copinha, Gersinho embarca para um novo desafio no esporte. Ele assinou por uma temporada com o Clube Desportivo de Gouveia, da Terceira Divisão de Portugal. O contrato foi definitivamente firmado em uma data marcante para o jogador: 22 de agosto de 2017, exatos dois anos após uma pausa na carreira.

1

A irmã de Gerson, Emmanuelle, morreu em um acidente de carro em 2015, tragédia que deixou a família inconsolável. O goleiro, inclusive, chegou a abandonar o futebol mesmo com um vínculo encaminhado com o Leiria, também de Portugal. O ânimo foi recuperado somente no fim do ano passado, quando foi inscrito pelo Batatais na Copa São Paulo. E o restante é história.

– Queria falar uma outra coisa também, antigamente eu via minha mãe chorando em uma cama, dizendo que queria se matar, hoje eu chego ali no alambrado e ela igual louca com um sorriso de orelha a orelha. Deixa o primeiro lugar para lá, para mim esse é o primeiro lugar da vida: a família. Troféu, medalha, é bom, é bem legal ganhar, mas não é mais importante do que o sorriso de uma mãe – disse o goleiro após o vice-campeonato da Copinha, e também depois de ser saudado pela torcida do campeão Corinthians no Pacaembu lotado.

Mesmo com o sucesso na base, Gersinho não foi aproveitado entre os profissionais do Batatais, que disputou a Série A2 do Campeonato Paulista. Ele vinha em atividade no Estadual sub-20 e não possuía contrato profissional com o clube do interior de São Paulo.



MaisRecentes

Segue o jogo!



Continue Lendo

São-paulino volta do Mundial sub-17 com novos conceitos (e sondagens da Europa)



Continue Lendo

Lesão rara interrompe ascensão de jovem no Timão. Mas dá tempo para o vestibular



Continue Lendo