Da bicicleta emprestada ao Santos: atacante Gabriel Bonet, ex-Sport, reforça o sub-20



bonet(Gabriel Bonet assinou com o Santos nesta sexta-feira/Dennis Calçada-Divulgação)

O elenco sub-20 do Santos voltou aos treinos na quinta-feira, mais de um mês depois de ser eliminado ainda na primeira fase da Copa São Paulo de Juniores. Nesta sexta, o grupo do técnico Pepinho Macia ganhou um reforço inesperado: o atacante Gabriel Henrique Bonet, de 19 anos. O garoto é a primeira captação da gestão de Paulo Mayeda no comando das categorias de base, tem como empresário Edson Khodor, o mesmo do meia Lucas Lima, e defendeu o Sport na temporada 2014, quando até marcou um gol na Copa São Paulo de Juniores.

Gabriel Bonet nasceu na cidade paranaense de Verê e se mudou para Francisco Beltrão aos seis anos. Aos 12, saiu da casa dos pais e foi morar em Curitiba, onde treinou no Paraná e no Coritiba. Em 2010 parou no Nacional de Rolândia e viveu o melhor momento de sua trajetória na base, já que entrou na seleção do Paranaense sub-15. No ano seguinte, foi contratado pelo Américo Brasiliense, de São Paulo, e ainda defendeu a Ferroviária. Nessa época, viveu um pequeno problema na carreira. Um problema de locomoção, dá para dizer.

“Eu estudava em Américo e treinava em Araraquara. Tinha que fazer sete quilômetros por dia para estudar, não tinha vale-transporte. Às vezes eu ia de bicicleta emprestada”, explicou Bonet, em entrevista ao Jornal de Beltrão. O jovem não tinha conseguido a transferência de colégio de Américo Brasiliense para Araraquara e, como a mãe era professora e queria que ele se dedicasse aos estudos, não aceitaria que parasse de frequentar o colégio. “Não falei nada para ela. Não queria parar de jogar bola, mas deu tudo certo”, disse o jovem.

Jogando pela Ferroviária, Gabriel Bonet foi descoberto por Edson Khodor, que também agencia o técnico Dorival Júnior e o meia Lucas Lima e tem bom trânsito na Vila Belmiro. O garoto chegou a defender o Inter em alguns amistosos, mas acabou assinando com o Sport, onde estreou na Copinha com um gol marcado na vitória por 3 a 0 sobre o Real Deodorense (AL). Ele também atuou no Pernambucano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste sub-20 e deixou o Leão da Ilha em dezembro de 2014.

Agora, comemora o acerto com o Santos.

– Estou realizando um sonho. O Santos representa tudo o que um jogador quer. É o clube que mais revela no país. Qualquer menino quer estar aqui.



  • Patureba

    Já que o mesmo empresario desse garoto e do Lucas Lima é tambem empresario do Dorival Junior, e tem bom relacionamento na vila eles deveriam traser o Dorival para tecnico pois esse burro do Enderson parece não gostar de jovens pois só escala os veteranos que não jogam nada e deixa os garotos bom de bola de fora o que é um absurdo.

    • Joel Emidio

      Meu amigo, Dorival não é tecnico para time grande, é muito inseguro, não tem personalidade. Aliás, personalidade é a unica coisa que faz diferença entre os “tecnicos”. São todos iguais, não entendem bolhufas, com exceção do Luxemburgo, cuja melhor fase ja passou. Os demais se equivalem e digo que o ganham demais, sem merecer, pois quase todos nem sequer são qualificados. Na verdade, acho que Dorival e Enderson se equivalem tecnicamente, com a diferença que o Enderson está a mais tempo e conhece o elenco. Mas é triste ver david braz como titular absoluto e o Gustavo Henrique, o melhor da zaga, no banco. Não consigo entender!

      • RAMON

        Camarada conhecedor de futebol, e que acompanha mesmo nosso Eterno Glorioso Praiano!!! Parabéns pelo comentário e visão de torcedor que vivencia nosso Santos!!!

      • Ataide

        Não consigo entender e aceitar é a teimosia do Enderson com o renato, o elano e o R Oliveira se arrastando em campo sem nehuma contribuição e jóvens como o Serginho marginalizados.

      • Ataide

        Imaginem esse garotada nos mãos do LEÃO. Lembrem-se de 2002, quando ele pegou o Santos rumo à segundona, sem elenco e com um bando de desconhecidos, chegou ao título.

    • neli

      Dorival Júnior? Não, não e não!!! Quase perdemos dois títulos “ganhos” com ele.

  • Patureba

    SE não contratar um técnico que dá chance aos garotos não adianta ter a melhor base do Brasil e revelar garotos bom de bola, pois esse Burrerdesson só gosta de veteranos.

    • Paulo Santista

      Patureba, tínhamos a melhor base do Brasil quando o gerente era o Luiz Fernando. Hoje o depto esta abandonado e pelo visto continuará sendo nas mãea de Paulo Mayeda de triste passado no Santos. Não temos nenhum jogador na seleção sub 17 e olha que conquistamos o Paulista. O Santos precisa revigorar o seu dpto amador e contratar profissionais competentes, estudiosos, comprometidos e focados. esse negócio de convidar ex jogador para trabalhar no clube não deu certo em outras oportunidades e não dará agora. O Santos não é asilo e nem empresa estatal. estamos sendo administrados como time de praia, onde o que vale é a amizade.
      Quanto ao Ederson, tem feito um ótimo trabalho e escalado os melhores. Quem da base teria vez neste time??? O mascarado Gabgol que só joga contra time pequeno…Leandrinho, eterna promessa….Lucas Otávio, Jubal, Citadini, Diego Cardoso??? Para!!! Esses caras tiveram chances e mostraram que não servem.

      • Ataide

        E elano e renato, mostraram o quê ????? continuam prestigiados. Os garotos, tendo oportunidade, einda podem crescer enquanto que os ex-jogadores só vão ganhar dinheiro fácil e murchar.

  • Alex

    Que Dorival Júnior que nada um técnico ultrapassado é frouxo! Teve muita sorte de achar um Santos pronto para treinar! O Enderson Moreira e o técnico ideal para o futuro do Santos!

    • Paulo Figueira

      Concordo com você amigo…

  • sidnei

    Seja bem vindo Gabriel que vc tenha sucesso ganhe muitos títulos, faça muitos gols com a camisa do santos e de muita alegria para esta torcida apaixonada pelo futebol arte. Quanto ao Enderson e só uma questão de tempo, precisamos entender que tem muita rescisória e sabemos o momento que o Santos esta passando financeiramente… Abv

  • Bbaf

    Não desmerecendo o Dorival, mas o Enderson está fazendo um excelente trabalho. Se a atual Diretoria engoliu o Enderson por problemas financeiros não sei, mas parece que gostou. O Dorival, se estivesse com essa bola toda teria ficado no Palmeiras, onde inclusive foi criado. Preferiram o Oswaldo. E olha que eu acho o Enderson muito melhor que o Oswaldo. Essa de lançar jogadores de base não pode ser no oba oba. E eles estão sendo prestigiados. Vladimir, Gustavo, Leandrinho, Geuvânio, Lucas Crispim, Lucas Otávio já jogaram este ano e Caju, Gabriel, Jubal, Serginho devem jogar.

    • newton

      Muricy está balançando no São Paulo, vamos corrigir um erro que a diretoria anterior burra e imbecil cometeu mandando ele embora

      • RAMON

        Caro Newton, não seja um idiota!!! Se esse merda do muricy fosse bom, não teríamos tomado aquele vareio de bola do barcelona naquela final. Tudo bem, até acho que a derrota seria aceitável, mas não da forma como foi, e com um time competitivo que tínhamos! É inaceitável aquele futebol apresentado, indígno de tudo que todos esperavam!!!

  • Eu não entendo certa escalação do Enderson tem dia de jogo que ele tira jogador que esta bem e deixa outro que esta mal, como a gora quer escalar o Ricardo Oliveira e deixar o Gabgol fora isto é só na cabeça dele, do resto ate a qui ele vai bem.

    • Ataide

      Inclusive com elano e renato ?????

  • Bemjami

    Tomara que dê certo esse é o caminho do SANTOS investir sempre na garotada más precisa de um técnico que gosta de escalar jovens pois este burro que está ai deveria ser técnico do veterano.

  • gilberto rodrigues

    BOA SORTE PAULO ROBERTO MAYEDA POIS TU ES COMPETENTE.

  • No dia que o Dorival voltar ao Santos rasgo a minha carteira de sócio!!É técnico para clube pequeno!!Treinou todos os grandes de SP,MG e RS sem nenhum sucesso em nenhum!!Portanto nem pensar em Dorival Junior!!!

MaisRecentes

Brenner sobra no sub-17 do São Paulo. E agora, seguir a cartilha ou correr riscos?



Continue Lendo

Sem descartar volta futura ao Corinthians, jovem treina com profissionais no Granada



Continue Lendo

Família boleira e retomada após lesões: as inspirações de um brasileiro em Portugal



Continue Lendo