‘Cultura do diálogo’: Santos discute até tática em integração de treinadores da base



Gerente das categorias de base do Santos há um mês, Ronaldo Lima começa aos poucos a implementar novidades no processo de formação de jogadores do clube, que sofre com problemas relativos a resultados na base e também denúncias nos bastidores. Uma dessas inovações começou a ser colocada em prática na semana passada: uma reunião, dentro do clube, entre os treinadores de todas as divisões de base, com a intenção de discutir trabalhos técnicos, táticos, esquemas de jogo e a simples troca de experiências.

Segundo Ronaldo Lima, em entrevista ao blog, o encontro que chamou de “clínica de integração” não é comum em outros clubes, e tem o objetivo final de planificar os métodos de treinamento em todas as categorias: sub-11 (Alex Souza), sub-13 (Gustavo Roma), sub-15 (Luciano Santos), sub-17 (Aarão Alves) e sub-20 (Pepinho Macia).

– O que estamos implementando é a cultura do diálogo e da integração. Nossa primeira reunião durou duas horas, sem intervalo, sem ninguém querer sair da sala, nada disso. Achei espetacular, porque mostra que todos estão querendo a mesma coisa. Todos puderam conversar sobre atletas em transição, houve sugestões, troca de ideias e acabamos agregando esse conhecimento técnico em todos os níveis – diz o dirigente da base alvinegra.

O Santos pretende voltar a disputar competições internacionais de base a partir do segundo semestre, e a ideia de Ronaldo Lima é dinamizar as clínicas de integração com encontros com treinadores de outras escolas de futebol, principalmente da Europa. Além disso, o gerente quer reativar o intercâmbio de profissionais com a base do Barcelona, uma condição estabelecida no contrato de venda de Neymar. Até hoje, o Peixe levou funcionários da base duas vezes para aprender técnicas e observar o trabalho de formação do gigante europeu.

8



MaisRecentes

Segue o jogo!



Continue Lendo

São-paulino volta do Mundial sub-17 com novos conceitos (e sondagens da Europa)



Continue Lendo

Lesão rara interrompe ascensão de jovem no Timão. Mas dá tempo para o vestibular



Continue Lendo